CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Os brasileiros na Rússia e na Ucrânia que podem voltar com a regra da Fifa

Entidade estendeu permissão especial para atletas suspenderem seus contratos até junho de 2023; veja quem pode se beneficiar

Por Da redação Atualizado em 21 jun 2022, 16h25 - Publicado em 22 jun 2022, 04h00

Com a extensão da regra temporária da Fifa que aumentou por mais um ano a permissão para jogadores estrangeiros de clubes russos e ucranianos suspenderem seus contratos, os brasileiros que atuam em equipes desses países, caso desejem, podem assinar com novas equipes até junho de 2023. Só no Zenit, são cinco atletas: Yuri Alberto, Claudinho, Malcom, Wendel e Douglas Santos.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Além deles, os defensores Bruno Fuchs, do CSKA Moscou, Rodrigão, do FK Sochi, e o ex-Furacão Lucas Fasson, do Lokomotiv Moscou, são outros brasileiros que atuam na Rússia.

A medida foi tomada por conta da guerra na Ucrânia, que começou em fevereiro, quando tropas russas invadiram o país vizinho. Como o conflito ainda não terminou, a Fifa anunciou que vai “monitorar situação de perto” para continuar adequando as regras se necessário.

O russo Zenit e o ucraniano Shakhtar Donetsk são os clubes que mais apresentam brasileiros no plantel. Veja a situação de cada time:

Zenit

.
Claudinho é um dos destaques do Zenit –  Sportswire/Getty Images
Continua após a publicidade

Ex-Bragantino, o meia Claudinho é um dos atuais destaques do time. O atleta atuou em 31 jogos na temporada 2021/22, marcou dez gols e deu três assistências. Foi eleito o melhor jogador da equipe no ano, eleito pela torcida. Em março, revelou que não tem a pretensão de suspender o contrato com o clube russo.

Outro atacante de destaque, Yuri Alberto, chegou do Internacional no ano passado. Na equipe também estão o ponta Malcom, ex-Corinthians, o volante Wendel, ex-Fluminense, e o lateral-esquerdo Douglas Santos, ex-Atlético Mineiro.

Claudinho, Malcom e Douglas Santos, do Zenit
Claudinho, Malcom e Douglas Santos, do Zenit –  zenit/Facebook

Shakhtar Donetsk

No clube ucraniano, são quatro brasileiros: o meia Pedrinho, ex-Corinthians, os laterais Dodô, ex-Coritiba, e Ismaily, e o zagueiro Marlon, ex-Fluminense. O futebol ucraniano segue paralisado devido à guerra. A última partida oficial desses jogadores foi em dezembro do ano passado.

View this post on Instagram

A post shared by Pedro Victor (@pedrovictor38_)

Assine o Amazon Prime e garanta 30 dias grátis de acesso ao Prime Video e outras vantagens

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês