CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Marcelo chora na despedida do Real Madrid e descarta aposentadoria

Maior campeão da história do clube espanhol, lateral brasileiro deu adeus após 16 temporadas após não ter o contrato renovado

Por Da redação 13 jun 2022, 10h38

O lateral esquerdo Marcelo se despediu oficialmente do Real Madrid após 16 temporadas, em evento nesta segunda-feira, 13, no estádio Santiago Bernabéu. O jogador de 34 anos, recordista de títulos pelo time espanhol com 25 conquistas, posou ao lado de seus troféus e do presidente Florentino Pérez, chorou ao discursar e assegurou que não pretende se aposentar.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

“Hoje é o dia mais feliz desde que cheguei ao Real. Porque estou saindo e percebo que deixei um legado. Meus companheiros não me veem como o Marcelo que faz pouco, mas como uma grande pessoa. Não penso muito no futuro… O mais difícil é dizer adeus. Vestir esta camisa é a coisa mais linda. O futuro não me assusta, porque a história já está escrita”, afirmou.

Marcelo foi contratado do Fluminense em janeiro de 2007 e logo passou a ser aclamado como o substituto de Roberto Carlos, que deixou o Real Madrid naquele mesmo ano. Peça fundamental das conquistas merengues ao longo da última década, o lateral ganhou cinco Ligas dos Campeões, quatro Mundiais de Clubes, seis Campeonatos Espanhóis, duas Copas do Rei, cinco Supercopas da Espanha e três Supercopas da Europa.

Nas últimas temporadas, o brasileiro vinha perdendo espaço como titular para o francês Ferland Mendy, sete anos mais jovem. Marcelo falou de como encarou essa transição e disse que aprendeu a ser importante para o time mesmo sem jogar.

“Eu falei com os treinadores e disse que queria jogar, mas os treinadores que decidem. Eu sentia que podia jogar mais, mas cada um tem a sua filosofia. Nesta temporada, eu entendi outra coisa: que o protagonismo não está em campo, mas em todos. Fui egoísta falando com Zidane e Ancelotti, mas entendi que poderia ajudar de outras maneiras. Mas claro que queria jogar, me incomodava, porque no dia que isso não acontecer, me aposento”, concluiu.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês