CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Lyon confirma acordo com John Textor, dono do Botafogo

Empresário americano será acionista majoritário do clube francês, enquanto Jean-Michel Aulas, o atual dono, seguirá como CEO por pelo menos três anos

Por Da redação Atualizado em 20 jun 2022, 17h50 - Publicado em 20 jun 2022, 17h21

O empresário americano John Textor, o comandante da Sociedade Anônima de Futebol (SAF) do Botafogo, deu mais um importante passo em sua carreira no ramo esportivo nesta segunda-feira, 20: assinou um acordo para se tornar acionista majoritário também do Lyon, da França. A negociação com a Eagle Football Holdings, empresa de Textor, foi confirmada pelo clube europeu em comunicado.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Textor vai adquirir 66,5% do capital social do Lyon em um primeiro momento e, no futuro, terá 88,55% das ações, quando comprar a fatia da Holnest, empresa da família de Jean-Michel Aulas, dono do Lyon desde 1987. O valor é bem mais alto do que o que vinha sendo especulado pela imprensa francesa, na casa dos 40% das ações.  

O acordo prevê que Aulas permanecerá como diretor-executivo (CEO) pelas “pelo menos mais três anos” e ainda assumirá um cargo de administração na Eagle Football Holdings. Aulas e Textor concederão uma entrevista coletiva nesta terça-feira, 21, no Estádio Groupama.

“O projeto que descobri em Lyon com Jean-Michel Aulas e toda sua equipe estará no epicentro de nossa nova organização e nossos investimentos a serviço do futebol mundial. O Lyon será a pedra angular do nosso projeto”, afirmou Textor, em nota.

“Pretendo, com o apoio de Jean-Michel, trazer à tona os valores de desenvolvimento e auto-aperfeiçoamento pelos quais sempre me comprometi. Quero dar a todos os torcedores do Lyon os meios adicionais para que a instituição possa recuperar o mais alto nível, na França e na Europa, respeitando os valores do DNA do clube, como juventude, trabalho, auto-sacrifício e esse espírito que permite que todos os talentos do mundo inteiro tenham acesso ao alto nível graças ao nosso envolvimento nas academias”, completou.

Continua após a publicidade

Segundo a nota, Textor se comprometeu a pagar 86 milhões de euros (mais de 4,5 bilhões de reais), ao preço de 3 euros por ação, e que “os recursos obtidos com o aumento de capital seriam destinados a investimentos significativos, principalmente em equipes esportivas, bem como em infraestrutura”.

O Lyon informa ainda que o acordo está sujeito à aprovação da assembleia geral extraordinária de acionistas do OL Groupe, em assembleia geral que deve ser realizada antes de 31 de julho de 2022. As acionistas Holnest, Pathé e IDG Capital se comprometeram a votar a favor desta transação.

Dono da SAF do Botafogo desde março, Textor também controla outros dois clubes na Europa: tem 40% do Crystal Palace, da Inglaterra, e 80% Molenbeek, da Bélgica.

Na última temporada, a equipe masculina do Lyon, que tem o brasileiro Lucas Paquetá como destaque, terminou apenas na oitava colocação do Campeonato Francês e não vai jogar nenhuma competição europeia em 2022/23. Já a equipe feminina, uma potência do continente, retomou o título da Liga dos Campeões.

Assine o Amazon Prime e garanta 30 dias grátis de acesso ao Prime Video e outras vantagens

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês