CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Lukaku deixa o Chelsea com prejuízo de R$ 583 milhões e só 13 gols

Atacante belga deve retornar à Inter de Milão por empréstimo um ano após saída por cifras milionárias; italianos pagarão R$ 43,2 milhões pela transação

Por Da redação Atualizado em 21 jun 2022, 18h31 - Publicado em 21 jun 2022, 18h29

Em agosto passado, o então campeão europeu Chelsea se reforçava com a contratação badalada do astro belga Romelu Lukaku, adquirido junto a Inter de Milão por cifras milionárias de 115 milhões de euros (704 milhões de reais na cotação da época). Um ano depois e com mais quatro anos de contrato pela frente com os Blues, Lukaku está cada vez mais perto de fazer o caminho reverso e retornar à equipe italiana para a próxima temporada 2022/23.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Segundo o jornalista Fabrizio Romano, a Inter de Milão está por detalhes de anunciar o atacante belga por empréstimo de um ano, até junho de 2023, e taxa de transação de 8 milhões de euros (43,2 milhões de reais).

Caso a negociação seja concretizada, a equipe italiana pagaria pelo atacante, hoje, um valor quase quatorze vezes inferior do que recebeu do Chelsea há menos de um ano.

Além dos 107 milhões de euros (583 milhões de reais) de prejuízo ao clube inglês, Lukaku deixa também um desempenho aquém das expectativas que cercavam sua vinda. Com a equipe de Thomas Tuchel, o atacante disputou 42 jogos – apenas 27 como titular – , marcou 13 gols, virou reserva e se envolveu em polêmicas.

Continua após a publicidade

Lukaku comemora gol do Chelsea contra o Palmeiras na final do Mundial -
Lukaku comemora gol do Chelsea contra o Palmeiras na final do Mundial – Giuseppe Cacace/AFP

Em janeiro deste ano, por exemplo, Lukaku questionou, em entrevista a Sky Sports italiana, as escolhas de Tuchel e se mostrou decepcionado por não ter uma sequência de jogos. Após o episódio, o técnico alemão chegou a barrar o jogador do clássico contra o Liverpool.

Lukaku e Thomas Tuchel selaram as pazes no Chelsea -
Lukaku e Thomas Tuchel selaram as pazes no Chelsea – Oli Scarf/AFP

Em Milão, Lukaku virou uma espécie de rei. Conduziu a equipe ao fim de incômodo jejum sem títulos nacionais e rompeu marcas expressivas – superando até mesmo Ronaldo Fenômeno – com 64 gols em 95 jogos, média de 0,67 por partida.

Agora, próximo da Copa, ele espera se reencontrar novamente com a melhor fase da carreira.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês