CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Geração ruim? Atacantes da seleção são disputados por gigantes europeus

Nomes como Gabriel Jesus, Antony, Raphinha e Richarlison devem movimentar grandes cifras na janela de transferências

Por Da redação 22 jun 2022, 09h50

Muitas vezes acusada de ter uma “geração ruim” nos últimos anos após resultados insatisfatórios, a seleção brasileira vê quatro de seus principais atacantes sendo disputados por grandes times europeus nesta janela de transferências. Nomes como Gabriel Jesus, Antony, Raphinha e Richarlison devem mudar de ares para a próxima temporada e movimentar altas quantias no mercado.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Gabriel Jesus só tem mais um ano de contrato com o Manchester City e não quer ficar no clube, que já contratou outros dois atacantes: o norueguês Erling Haaland, astro do Borussia Dortmund, e o argentino Julián Álvarez, destaque do River Plate. O Arsenal é o favorito para ficar com Jesus, superando a concorrência do rival Tottenham, com uma proposta na casa dos 58 milhões de euros (314 milhões de reais).

Antony dificilmente ficará no Ajax. Destaque do time holandês na última temporada, o ponta está sendo disputado por dois grandes ingleses: o Liverpool é o destino mais provável, mas enfrenta a concorrência forte do Manchester United. O Ajax pode aceitar uma proposta na casa dos 45 milhões de euros (244 milhões de reais).

Raphinha, por sua vez, também deve trocar o Leeds por um time de maior expressão nesta janela. O Barcelona é um grande interessado no jogador, mas as dificuldades financeiras do time espanhol são um entrave, e provavelmente só a venda de outro atleta abriria espaço para a chegada do brasileiro. Com isso, o Arsenal entrou na disputa, mas o Leeds faz jogo duro e pede 55 milhões de euros (298 milhões de reais).

E Richarlison, após escapar do rebaixamento com o Everton na temporada passada, também busca novos ares. O Tottenham é o favorito para contratar o “Pombo”, mas o Chelsea também está na briga, segundo meios de comunicação ingleses. A transferência também pode girar na casa dos 58 milhões de euros (314 milhões de reais).

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês