CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Vila Olímpica está com apenas 6% da ocupação máxima

Por Amanda Romanelli Londres – A uma semana do início dos Jogos de Londres, a Vila Olímpica ainda não reflete o clima do evento. Pelo contrário, há um certo vazio nos prédios. Até o final da tarde desta quinta-feira, apenas 950 pessoas, de 110 países, haviam dado entrada no alojamento. Muito pouco perto das 16 […]

Por Da Redação Atualizado em 17 out 2021, 12h11 - Publicado em 19 jul 2012, 17h06

Por Amanda Romanelli

Londres – A uma semana do início dos Jogos de Londres, a Vila Olímpica ainda não reflete o clima do evento. Pelo contrário, há um certo vazio nos prédios. Até o final da tarde desta quinta-feira, apenas 950 pessoas, de 110 países, haviam dado entrada no alojamento. Muito pouco perto das 16 mil que são esperadas na lotação total, entre atletas e oficiais de equipe, de 204 nações distintas.

Mas nem estes 950 credenciados estão dormindo na Vila Olímpica. A maioria dos atletas, especialmente de delegações de potências olímpicas, dão entrada no local (ou seja, asseguram seus apartamentos) mas partem para centros de treinamento em outras partes de Londres ou até de outras cidades. A expectativa é de que a “cidade dos atletas” comece a ficar movimentada a partir de segunda-feira, com a proximidade do início das competições.

O Brasil tem, por enquanto, apenas cinco atletas na Vila Olímpica, embora pessoas ligadas à missão brasileira, como médicos e chefes da delegação, já estejam lá hospedados. São eles: Ana Sátila, da canoagem slalom; Daniel Xavier, do tiro com arco; e os três representantes da ginástica artística masculina: Diego Hypolito, Arthur Zanetti e Sérgio Sasaki.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês