CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Vaticano abre mão de doações da Conmebol

Instituição fundada pelo papa receberia doação a cada gol marcado na Copa América. Vaticano diz que prefere esperar a conclusão das investigações do escândalo da Fifa

Por Da Redação Atualizado em 29 set 2021, 19h49 - Publicado em 11 jun 2015, 18h10

O Vaticano cancelou o acordo que tinha com a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), em que a entidade esportiva doaria 10.000 dólares (pouco mais de 31.000 reais) a cada gol marcado na Copa América para a fundação educativa Scholas Ocurrentes, tocada pelo papa Francisco desde quando ele era bispo de Buenos Aires.

Maradona diz ser “torcedor nº 1” do papa Francisco

Segundo o jornal argentino La Nacion, a suspensão do acordo anunciado em abril foi causada pelo escândalo de corrupção na Fifa, que envolveu vários dirigentes esportivos da Conmebol. Em comunicado, o Vaticano disse que “o programa Scholas se absterá de receber fundos da Conmebol até que se esclareça a investigação judicial em curso”.

Publicidade