ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Vasco tenta liderança contra o Corinthians, carrasco na Libertadores

Com o adiamento do jogo do líder Atlético-MG, o Vasco terá a chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro neste domingo, contra o Corinthians, em São Januário. Com 30 pontos, os cruzmaltinos ultrapassam os mineiros somente em caso de vitória sobre os paulistas. Além da ponta, o confronto terá gosto de revanche para os […]

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 17h50 - Publicado em 4 ago 2012, 20h03

Com o adiamento do jogo do líder Atlético-MG, o Vasco terá a chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro neste domingo, contra o Corinthians, em São Januário. Com 30 pontos, os cruzmaltinos ultrapassam os mineiros somente em caso de vitória sobre os paulistas. Além da ponta, o confronto terá gosto de revanche para os cariocas, pois o rival o eliminou nesta edição da Libertadores.

Pelo lado vascaíno, o técnico Cristóvão Borges tem problemas no setor defensivo. O zagueiro Dedé está suspenso e não joga. Seu companheiro, Douglas, passou a semana treinando de forma leve, mas deve ir para a partida. Rodolfo, lesionado, e Renato Silva, ainda não regularizado, estão fora. Com isso, Fabrício será escalado na zaga. Apesar de ter chegado nesta temporada e atuado poucas vezes com a camisa cruzmaltina, o atleta ganhou a confiança do comandante.

‘Confio e acredito muito nos jogadores que entram na equipe. O Douglas é um grande representante disso. Ele não era nem o primeiro reserva, mas entrou e deu conta do recado. Foi muito bem. Todo mundo está querendo ter oportunidade. Quando existe uma chance, eles sabem aproveitar bem’, declarou.

A boa notícia fica por conta dos retornos do volante Nílton e, principalmente, do meia Juninho Pernambucano. Ambos cumpriram suspensão e têm volta ao time confirmadas. Assim, Fellipe Bastos e Felipe vão seguir como opções no banco de reservas.No Timão, as baixas continuam sendo Chicão e Emerson. Com a coxa esquerda dolorida, o zagueiro desfalca o time pela segunda vez consecutiva, dando lugar a Wallace, que, tendo Paulo André como parceiro, jamais saiu de campo derrotado. Já o atacante não treinou durante a semana por conta de dores no tornozelo esquerdo e também não viajou ao Rio de Janeiro.

Nas atividades com bola que comandou, Tite repetiu a formação que empatou sem gols com o Bahia, no domingo, mas testou Paolo Guerrero no lugar de Romarinho. O centroavante peruano, se tomar a vaga do jovem atacante, começaria jogando pela primeira vez, após ter totalizado menos de 40 minutos nas etapas finais de duas partidas.

A dúvida do treinador se deve à seca de gols de Romarinho, que não balançou a rede uma vez sequer nas últimas sete partidas como titular. ‘Por mais que não tenha feito gol depois do jogo contra o Boca Juniors (na primeira final da Libertadores), ele criou, no mínimo, três ou quatro situações por jogo. É um menino de 21 anos, é normal que ele procure se encontrar’, minimizou o zagueiro Paulo André.FICHA TÉCNICA

VASCO X CORINTHIANS

Local: estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Data: 5 de agosto de 2012, domingo

Hora: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Paulo Henrique de Godoy Bezerra (SC)

Assistentes: Roberto Braatz (PR) e Carlos Berkenbrock (SC)

VASCO: Fernando Prass; Auremir, Douglas, Fabrício e William Matheus; Nílton, Wendel, Juninho Pernambucano e Carlos Alberto; Éder Luís e Alecsandro

Técnico: Cristóvão Borges

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Wallace, Paulo André e Fábio Santos; Paulinho, Ralf, Douglas e Danilo; Jorge Henrique e Romarinho (Guerrero)

Técnico: Tite

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade