CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

UFC: Vitor Belfort luta pelo 3º titulo – e por lugar na história

Contra o campeão Jon Jones, de 24 anos, o brasileiro tentará um lugar no grupo seleto de lutadores que reconquistaram cinturão na etapa final de suas carreiras

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 10h21 - Publicado em 20 set 2012, 08h36

Em sua última disputa de título, Belfort perdeu, mas o duelo com Anderson Silva foi considerado importante para atrair a atenção do público e estimular o crescimento do esporte no Brasil

Ser campeão de duas categorias, uma delas quando tinha apenas 19 anos, não é o bastante para Vitor Belfort. Apelidado de “Fenômeno”, referência ao seu sucesso precoce no mundo das lutas, o carioca de 35 anos pode conseguir seu terceiro título do UFC no sábado, se vencer Jon Jones, campeão dos meio-pesados, no UFC 152, em Toronto. O título pode dar um peso ainda maior à figura de Belfort, um lutador que construiu uma excelente trajetória no UFC (no quadro abaixo, seus grandes momentos no octógono), mas já se preparava para a etapa derradeira da carreira. Depois de perder a disputa de título dos médios, contra Anderson Silva, em 2011, Belfort era visto por muitos como um atleta a caminho da aposentadoria – poucos apostavam que ele conseguiria voltar a brigar por um cinturão. Mas Vitor Belfort aceitou o desafio de enfrentar um dos lutadores mais promissores da franquia – e justamente contra o atleta que hoje costuma ser apontado como o mais jovem campeão do UFC, aos 24 anos (o primeiro título do brasileiro foi conquistado em outro formato de disputa, com dois combates na mesma noite, e sem a entrega de um cinturão ao vencedor).

Leia também:

Leia também: Jon Jones elogia Belfort e destaca velocidade de seus golpes

Depois de ser campeão entre os pesados, em 1997, Vitor Belfort fez muitas lutas marcantes, como os duelos contra Tank Abott e Wanderlei Silva, no primeiro UFC no Brasil. Tornou-se campeão mais uma vez, entre os meio-pesados, ao vencer o americano Randy Couture, um dos gigantes da história do UFC, em 2004. Na luta seguinte, Couture deu o troco e retomou o cinturão. O brasileiro passou por outros eventos de MMA, mas voltou em definitivo para o UFC em 2009, quando venceu o americano Rich Franklin e começou sua caminhada rumo à disputa de outro título. Em 2011, Belfort foi nocauteado pelo campeão Anderson Silva, em Las Vegas, em uma luta considerada decisiva para atrair a atenção do público e estimular o crescimento do esporte no Brasil. Até por esse motivo, Belfort tem lugar garantido entre os principais nomes da modalidade – e uma possível vitória sobre Jones só consolidaria ainda mais esse legado. Antes de ganhar a chance de enfrentar Jon Jones, o carioca venceu mais dois combates – um deles, no Rio de Janeiro, em janeiro deste ano, contra Anthony Johnson, diante de um público enlouquecido com sua presença no octógono – mais uma prova de sua importância e de sua popularidade entre os seguidores do MMA no país.

Vitor Belfort se prepara para enfrentar Jon Jones pelo UFC 152 em Toronto, Canadá
Vitor Belfort se prepara para enfrentar Jon Jones pelo UFC 152 em Toronto, Canadá VEJA

http://www.youtube.com/embed/e3zMvFo_IuM?rel=0
Tank Abbott

Vitor Belfort nocauteou Wanderlei Silva em menos de 1 minuto, em 1998
Vitor Belfort nocauteou Wanderlei Silva em menos de 1 minuto, em 1998 VEJA

Vitor Belfort se prepara para enfrentar Jon Jones pelo UFC 152 em Toronto, Canadá
Vitor Belfort se prepara para enfrentar Jon Jones pelo UFC 152 em Toronto, Canadá VEJA

Vitor Belfort venceu Rich Franklin no UFC 103
Vitor Belfort venceu Rich Franklin no UFC 103 VEJA

http://www.youtube.com/embed/OjoaudDlenI?rel=0
Anderson Silva

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês