Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

UFC 182: em clima de guerra, Cormier desafia Jones

Duelo que vale o cinturão dos meio-pesados foi apimentado por provocações e até agressões entre os dois lutadores americanos

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 09h47 - Publicado em 3 jan 2015, 09h05

O lutador americano Jon Jones, número 1 do ranking peso por peso do UFC, terá um complicado desafio na madrugada deste sábado. Em duelo cercado por muita rivalidade, ele coloca o cinturão dos meio-pesados em disputa contra o compatriota Daniel Cormier, que segue invicto após 15 lutas, sendo seis vitórias por nocaute. A luta principal do UFC 182, no MGM Grand Hotel, em Las Vegas (EUA), foi apimentada nos últimos meses. Em agosto, Jones e Cormier trocaram socos em um evento promocional da luta e foram punidos pelo mau comportamento. Nesta semana, eles voltaram a trocar provocações e prometeram atuações memoráveis no primeiro grande evento do UFC em 2015, mas na pesagem na noite desta sexta-feira não houve a tradicional “encarada” não aconteceu: Jones ficou ao lado do adversário, de frente para o público, enquanto Cormier ficou de costas para a plateia – a comissão esportiva os puniria se brigassem. As lutas serão transmitidas pelo canal pago Combate, a partir das 22h00 (horário de Brasília).

Leia também:

UFC 182: Jon Jones e Cormier voltam a se estranhar

Anderson encara Jones, mas a portas fechadas

Anderson Silva posa como Homem Aranha para retorno

Esta será a oitava defesa de cinturão de Jon Jones, que não luta desde 26 de abril, quando venceu o brasileiro Glover Teixeira por decisão unânime dos árbitros. Depois de uma sequência de vitórias arrasadoras na carreira, o lutador de 27 anos vem enfrentando dificuldades em seus últimos confrontos. Antes de sofrer nas mãos de Glover, Jones suou muito para vencer o sueco Alexandres Gustaffson, em uma luta bastante controversa e decidida pela arbitragem, em setembro de 2013. Daniel Cormier, por sua vez, se credenciou para a luta com uma série impressionante de vitórias. O lutador de 35 anos bateu adversários de renome em suas últimas quatro lutas: Dan Henderson, Patrick Cummins, Roy Nelson e Frank Mir.

No encontro com a imprensa, na quinta-feira, Jones e Cormier voltaram a se estranhar e tiveram de ser separados pelo chefão do UFC, Dana White. Em agosto, brigaram na frente de jornalistas, e tiveram que se explicar diante da Comissão Atlética de Nevada. Na audiência, Jones alegou ter sido prejudicado com o episódio, que teria culminado no fim de seu acordo com a sua principal patrocinadora, a Nike.

O dono do cinturão foi condenado a cumprir quarenta horas de serviço comunitário e foi multado em 50.000 dólares. Cormier, por sua vez, recebeu metade da punição, pois, de acordo com a Comissão, não foi quem iniciou a briga. Apenas um brasileiro subirá no octógono no UFC 182. O capixaba Rodrigo Damm encara o americano Evan Dunham em duelo da categoria leve no card preliminar.

UFC 182 — 3 de janeiro de 2015, em Las Vegas, Estados Unidos

Card Principal

Jon Jones x Daniel Cormier (meio-pesado)

Donald Cerrone x Myles Jury (peso-leve)

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Brad Tavares x Nate Marquardt (peso-médio)

Louis Gaudinot x Kyoji Horiguchi (peso-mosca)

Hector Lombard x Josh Burkman (meio-médio)

Card Preliminar

Danny Castillo x Paul Felder (peso-leve)

Marcus Brimage x Cody Garbrandt (peso-galo)

Shawn Jordan x Jared Cannonier (peso-pesado)

Evan Dunham x Rodrigo Damm (peso-leve)

Mats Nilsson x Omari Akhmedov (meio-médio)

Alexis Dufresne x Marion Reneau (peso-galo)

https://youtube.com/watch?v=HURJWEV44jM%3Frel%3D0

https://youtube.com/watch?v=ii6RVMwvRKc%3Frel%3D0

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade