Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Torcida picha loja do Palmeiras: ‘Acabou a paz, vagabundos’

Além disso, lanchonete de vice-presidente foi depredada após derrota para o Corinthians. Time está em penúltimo, cada vez mais ameaçado de rebaixamento

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 10h37 - Publicado em 17 set 2012, 01h05

A derrota por 2 a 0 para o Corinthians na tarde deste domingo foi recebida com revolta pela torcida do Palmeiras, vice-lanterna do Campeonato Brasileiro e cada vez mais ameaçado de rebaixamento. Torcedores mais exaltados já haviam protestado no Pacaembu, local da partida, avisando que o time deveria se preparar “para apanhar” se cair para a Série B.

No início da noite, a ira resultou em atos de vandalismo: a filial da lanchonete Frevo, na Rua Oscar Freire, em São Paulo, que pertence ao vice-presidente de futebol do clube, Roberto Frizzo, foi depredada em um ataque realizado mais de uma hora após a partida. Pouco depois, o alvo foi a loja oficial do Palmeiras, no Estádio Palestra Itália. Na fachada do estabelecimento, palmeirenses picharam uma ameaça em letras garrafais: “Acabou a paz, vagabundos”.

O clima no time alviverde está cada vez mais tenso. No final da partida contra o Corinthians, membros de torcidas organizadas invadiram o setor das cadeiras cobertas do Pacaembu e e tentaram chegar aos camarotes, com objetivo de hostilizar dirigentes. A polícia frustrou a tentativa, mas várias cadeiras do estádio foram quebradas no tumulto.

Com apenas 20 pontos ganhos em 75 possíveis, o Palmeiras só não está em último lugar no Brasileirão 2012 porque tem mais vitórias que o Atlético-GO, o lanterna. A equipe tentará se recuperar no próximo sábado diante do Figueirense, em Santa Catarina, em confronto válido pela 26ª de 38 rodadas da competição.

VANDALISMO - Torcedores do Palmeiras invadem área das cadeiras numeradas no Pacaembu
VANDALISMO – Torcedores do Palmeiras invadem área das cadeiras numeradas no Pacaembu

(Com Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade