CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Tite contém euforia após vitória sobre o Flamengo

O técnico Tite estava muito satisfeito por ver o Corinthians apresentar futebol semelhante ao que o levou ao título da Copa Libertadores.

Por Da Redação Atualizado em 15 fev 2022, 11h51 - Publicado em 19 jul 2012, 08h21

Por Leonardo Maia

Rio – O técnico Tite estava muito satisfeito por ver o Corinthians apresentar futebol semelhante ao que o levou ao título da Copa Libertadores, depois de uma grande exibição na vitória por 3 a 0 sobre o Flamengo, na noite da última quarta-feira, no Engenhão. Seguro na defesa e preciso no ataque, a equipe mostrou as características que andavam em falta no Campeonato Brasileiro.

Mas o treinador pediu prudência com a empolgação, reforçou que o time passa por um período de reestruturação com as saída do zagueiro Leandro Castán e do meia Alex, e freou grandes expectativas ao destacar que vai ter dificuldades em conquistar o bicampeonato nacional com o Mundial de Clubes no Japão no horizonte, em dezembro.

“É muito difícil (pensar no Brasileiro com o Mundial no fim do ano). Nós priorizamos a Libertadores, era o único jeito de ganhar”, disse Tite, indicando que pode fazer o mesmo com relação ao Mundial na reta final do Brasileiro, dependendo da situação na tabela.

“Nossa realidade hoje não é título. Nosso objetivo primeiro é distanciar da zona de rebaixamento. A pressão da posição é muito grande. Primeiro precisamos distanciar lá do fundo”, destacou.

Continua após a publicidade

Tite, como de hábito, evitou tecer grandes louvores a Douglas, o criticado meia que herdou a vaga de Alex e correspondeu com dois belos gols. Mais do que eles, Tite ficou satisfeito com a dedicação tática do jogador.

“Falei com ele: ‘A exigência do técnico em voltar para marcar, que você era relutante, te deu a oportunidade do gol’”, contou, destacando que sempre o manteve como opção. “É uma norma minha. Sempre digo, trabalha que você vai colher”.

Para a partida contra a Portuguesa, sábado, no Canindé, Tite antecipou apenas que Jorge Henrique volta à equipe titular no lugar de Romarinho, se estiver em plenas condições físicas. “Ele voltou de contusão e retorna assim que tiver em suas condições normais. Se vai permanecer é outra história”.

O técnico corintiano confessou que torce para que a diretoria consiga mais algum reforço internacional até o fim da janela de transferências, nesta sexta-feira.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês