CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Técnico do México que agrediu jornalista é demitido

Miguel Herrera atacou a socos Christian Martinoli, da TV Azteca

Por Da Redação Atualizado em 29 set 2021, 18h39 - Publicado em 28 jul 2015, 17h30

A Federação Mexicana de Futebol demitiu o técnico Miguel Herrera nesta terça-feira, um dia depois de o treinador agredir a socos o jornalista Christian Martinoli, da TV Azteca, no aeroporto da Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da federação, Decio de María, declarou repúdio ao comportamento de Herrera: “A violência não cabe na nossa sociedade, na família e muito menos no esporte. Alguém que se impõe com agressões não pode ser membro da Federação.”

Herrera vê ‘pênalti inventado’ tirar México da Copa

A agressão ocorreu quando a delegação mexicana deixava os Estados Unidos após a vitória por 3 a 1 sobre a Jamaica, que garantiu o título da Copa Ouro. A filha do técnico também atacou o ex-jogador Luis Garcia, companheiro de trabalho de Martinoli na TV Azteca.

Herrera, de 47 anos, assumiu o México em outubro de 2013 e seu contrato iria até a Copa na Rússia, em 2018.

(Da redação)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

MELHOR
OFERTA

Digital no App