CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Sem gol de falta há sete meses, Timão tem novo encarregado: Douglas

O último gol de falta do Corinthians data de 23 de outubro de 2011. O autor foi Alex, que naquele dia balançou a rede do Internacional, em empate pelo Campeonato Brasileiro, no Beira-Rio, e que nesta quarta-feira viaja ao Catar para assinar com o Al Gharafa. Com a saída do camisa 12, o novo titular […]

Por Da Redação 18 jul 2012, 07h03

O último gol de falta do Corinthians data de 23 de outubro de 2011. O autor foi Alex, que naquele dia balançou a rede do Internacional, em empate pelo Campeonato Brasileiro, no Beira-Rio, e que nesta quarta-feira viaja ao Catar para assinar com o Al Gharafa.

Com a saída do camisa 12, o novo titular do meio-campo e também responsável pelas cobranças de falta será Douglas, que teve bom aproveitamento na terça-feira, diante do técnico Tite e do auxiliar Fábio Carille, em treinamento com o goleiro reserva Julio Cesar.’Boa, Douglas’, repetia o assistente, a cada batida correta do camisa 15, que brincou com Julio Cesar antes da tentativa derradeira. ‘É a última, Julio. Vou guardar (fazer o gol)’, disse o jogador, antes de acertar o travessão e não cumprir a promessa.

A cobrança de falta foi uma grande arma do Corinthians entre 2008 e 2009, temporadas nas quais Chicão fez muitos gols dessa maneira – e também de pênalti. De lá para cá, no entanto, o zagueiro tem levado mais perigo com bolas alçadas para a área do que em tiros diretos. Titular, Douglas passará a revezar com ele nessa função.

‘A bola parada do Douglas é muito boa também para dois tempos (cruzamento) ou escanteio. Só que a batida dele é diferente da batida do Alex. É mais rápida, seca, porque ele fica mais próximo da bola. Disse a ele para retardar para que os homens que estiverem na área possam chegar na bola. Vai ter que existir essa coordenação’, explicou Tite.

Seja para jogadas ensaiadas ou faltas diretas, Douglas é aposta da comissão técnica, que pediu sua contratação em 2012 depois de vê-lo dificultar uma vitória do Corinthians no Brasileiro do ano passado. Na ocasião atuando pelo Grêmio, ele vazou Julio Cesar a partir de uma bola parada da meia esquerda. Após os treinos de terça-feira com o goleiro, que voltou a ser seu companheiro de clube, ele espera ‘guardar’ diante do Flamengo, nesta quarta, no Engenhão.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês