CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Seleção enfim recebe os convocados de Bayern e Atlético

Dante e Luiz Gustavo chegaram ao Rio. Bernard e Réver completarão grupo

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 11h27 - Publicado em 31 Maio 2013, 11h02

“Não tínhamos muito a dizer ou opinar, só nos restava esperar. A situação era delicada e temíamos o corte”, disse Luiz Gustavo

O zagueiro Dante e o volante Luiz Gustavo chegaram na manhã desta sexta-feira ao Rio de Janeiro. Cansados depois da longa viagem desde Frankfurt, na Alemanha, eles se disseram aliviados pela liberação depois de uma queda-de-braço entre o Bayern de Munique e a CBF. Eles confessaram que tiveram medo de um corte do grupo que vai disputar a Copa das Confederações, mas dizem que agora estão totalmente focados na seleção brasileira. Dante revelou que ele e Luiz Gustavo pediram ao Bayern a liberação – exatamente como a comissão técnica da seleção brasileira entende que os jogadores devem fazer em situações como essa, interferindo junto a seus clubes. “Deixamos claro na conversa que a seleção é importante para nós. É a realização de um sonho pelo qual sempre lutamos e que estamos realizando”, disse o zagueiro campeão europeu pelo clube de Munique.

Leia também:

Bayern protesta, mas cede Dante e Luiz Gustavo à seleção

Seleção volta a treinar desfalcada. E Oscar sai com dores

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Jogamos com a Cafusa, bola oficial da Fifa. Ela não gostou

De Kaká a Neymar, a lacuna entre gerações atrapalha Brasil

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Luiz Gustavo negou que ele e Dante tenham sofrido “terror psicológico” por parte da comissão técnica da seleção para forçarem sua liberação na Alemanha. Essa acusação foi feita na quinta-feira pelo diretor-executivo do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge. “A conversa foi tranquila”, disse o volante. “Não teve nada disso”, garantiu o zagueiro. Ainda na manhã desta sexta, o grupo convocado pelo técnico Luiz Felipe Scolari estará fechado, com a chegada de Réver e de Bernard, ambos do Atlético-MG, que jogaram na noite de quinta pela Libertadores. O único desfalque no grupo nesta sexta deverá ser temporário: o goleiro reserva Jefferson foi liberado da concentração para acompanhar o nascimento de sua terceira filha, num hospital do próprio Rio de Janeiro. Ele deverá se reapresentar à seleção logo em seguida. A equipe treina na sede do Flamengo, na Gávea, na tarde desta sexta.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês