ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

São Caetano bate Atlético-PR no Paraná e retorna ao G4

Por AE Paranaguá – O São Caetano confirmou a boa fase e voltou ao G4, o grupo de acesso no Campeonato Brasileiro da Série B. Mais uma vez eficiente na defesa, o time paulista bateu o Atlético-PR por 1 a 0, na tarde deste sábado, no Estádio Gigante do Itiberê, em Paranaguá, pela 15ª rodada. […]

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 18h22 - Publicado em 4 ago 2012, 18h45

Por AE

Paranaguá – O São Caetano confirmou a boa fase e voltou ao G4, o grupo de acesso no Campeonato Brasileiro da Série B. Mais uma vez eficiente na defesa, o time paulista bateu o Atlético-PR por 1 a 0, na tarde deste sábado, no Estádio Gigante do Itiberê, em Paranaguá, pela 15ª rodada.

Ao final do jogo, a torcida atleticana protestou muito contra jogadores e o técnico Jorginho. Mesmo porque, o time paranaense está estacionado nos 20 pontos, longe da briga pelo acesso. Já o São Caetano chegou a 13 jogos de invencibilidade, com oito vitórias e cinco empates. Ainda sem perder sob o comando de Sérgio Guedes, o time é o quarto colocado, com 29 pontos.

Depois de um primeiro tempo sem grandes emoções, os dois times se arriscaram mais na etapa final. O Atlético-PR, contudo, foi mais uma vítima do forte sistema de marcação do São Caetano. O time paulista chegou ao gol da vitória aos 23 minutos do segundo tempo. Após receber do zagueiro Eli Sabiá, o meia Geovane só completou de cabeça, fazendo 1 a 0.

Na próxima terça-feira, pela 16ª rodada da Série B, o Atlético-PR volta a campo para enfrentar o América-RN no Estádio Nazarenão, em Goianinha. Já o São Caetano recebe o líder Criciúma no sábado que vem.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-PR 0 X 1 SÃO CAETANO

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

ATLÉTICO-PR – Weverton; Gabriel Marques (Marcelo), Manoel, Cleberson e Héracles; João Paulo, Derley, Henrique e Felipe (Tiago Adan); Marcão (Elias) e Taiberson. Técnico – Jorginho.

SÃO CAETANO – Luiz; Samuel Santos, Gabriel, Eli Sabiá e Diego (Samuel Xavier); Augusto Recife, Marcone, Éder (Geovane) e Marcelo Costa (Pedro Carmona); Danielzinho e Somália. Técnico – Sérgio Guedes.

GOL – Geovane, aos 23 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Márcio Chagas da Silva (RS).

CARTÕES AMARELOS – Eli Sabiá e Gabriel.

RENDA – R$ 38.290,00.

PÚBLICO – 2.461 pagantes (3.054 total).

LOCAL – Estádio Gigante do Itiberê, em Paranaguá (PR).

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade