ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Rosângela Santos fica de fora da final dos 100m rasos

Rosângela Santos, única brasileira na disputa dos 100m rasos, ficou pelo caminho nas semifinais deste sábado. Apesar da terceira colocação em sua bateria e da conquista de seu melhor tempo na carreira, 11s17, Rosângela não terminou entre as oito melhores das eliminatórias e está fora da decisão da categoria, às 17h55 (de Brasília) deste sábado. […]

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 19h21 - Publicado em 4 ago 2012, 16h13

Rosângela Santos, única brasileira na disputa dos 100m rasos, ficou pelo caminho nas semifinais deste sábado. Apesar da terceira colocação em sua bateria e da conquista de seu melhor tempo na carreira, 11s17, Rosângela não terminou entre as oito melhores das eliminatórias e está fora da decisão da categoria, às 17h55 (de Brasília) deste sábado.

Após largar mal, Rosângela Santos conseguiu a recuperação para ultrapassar quatro atletas nos instantes finais de prova e cruzar a linha de chegada na terceira colocação, com o tempo de 11s17, sua melhor marca na carreira. A liderança da primeira bateria ficou com a norte-americana Carmelita Jeter, que cravou 10s83, seguida da jamaicana Veronica Campbell-Brown, com o tempo de 10s89.

O domínio dos dois países foi mantido na bateria seguinte, quando a jamaicana Shelly-Ann Fraser-Pryce e a norte-americana foram as duas mais rápidas com os tempos de 10s85 e 10s94 e garantiram vaga na decisão da categoria por estarem nas duas primeiras colocações.

Com o sétimo melhor tempo, até então, Rosângela dependia de sete resultados favoráveis na terceira e última bateria. Equilibrada, porém, a prova contou com cinco tempos abaixo dos 11s17 conquistados pela brasileira, dois deles, da norte-americana Tianna Madison e a nigeriana Blessing Okagbare, dividindo a liderança em 10s92, melhor marca de suas carreiras, fato que a deixou de fora da decisão dos 100m rasos.

Além das duas primeiras colocadas de cada bateria, a final dos 100m rasos, disputada às 17h55 (de Brasília) deste sábado, são Kelly-Ann Baptiste, de Trinidad e Tobado, terceira colocada da Bateria 2, com 11s00, e Murielle Ahoure, da Irlanda do Norte, terceira melhor da Bateria 3, com 11s01.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade