CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Ronaldinho Gaúcho é cobrado pela torcida – e troca Flu por Fla em entrevista

Meia de 35 anos não fez gol nem deu assistências em seis partidas pelo clube de Laranjeiras

Por Da Redação Atualizado em 29 set 2021, 17h47 - Publicado em 31 ago 2015, 17h23

A cobrança da torcida do Fluminense sobre o desempenho de Ronaldinho Gaúcho já começou, menos de um mês depois da estreia na equipe. No domingo, o meia de 35 anos teve mais uma fraca atuação e foi vaiado na derrota de 2 a 1 para o Atlético-MG no Maracanã. O clima entre alguns conselheiros ligados ao presidente Peter Siemsen não é dos melhores e já há nas Laranjeiras um sentimento de que a contratação de Ronaldinho foi desnecessária. Nesta segunda-feira, o jogador concedeu entrevista e, para piorar, cometeu uma gafe ao trocar o nome do clube pelo de seu rival Flamengo.

Copa do Brasil: quartas são definidas sem clássicos

“O Fluminense vem passando momentos difíceis. Alguns jogadores importantes estão fora tentando se recuperar, outros estão chegando e procurando melhorar a parte técnica e física. Acho que a hora que encaixar tudo, o elenco todo jogando junto com todos os jogadores, o Flamengo…o Fluminense vai voltar a brigar pelo título”, afirmou, corrigindo rapidamente seu ato falho.

Ronaldinho disputou seis jogos com a camisa do Fluminense, não fez gol nem deu assistência. A torcida se irritou ainda mais no jogo contra o Atlético, pois Ronaldinho foi preservado nas duas partidas anteriores e, por isso, havia a expectativa de que seu desempenho seria melhor. Antes de contratá-lo, Peter Siemsen ouviu de alguns conselheiros preocupação em relação à falta de empenho do atleta e a possibilidade de sua contratação prejudicar o surgimento de talentos das categorias de base.

Leia também:

Ronaldinho Gaúcho despreza a seleção: ‘Não acompanho’

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

De saída, Ronaldinho é criticado por técnico do Querétaro

Ronaldinho é barrado no Querétaro e imprensa mexicana fala em indisciplina

Ronaldinho vira piada no Dia da Mentira no México

O descontentamento aumentou após Ronaldinho ser flagrado no vestiário do Atlético-MG distribuindo sorrisos e camisas do Fluminense aos antigos companheiros, mesmo após a derrota do Fluminense. “Não tem nada a ver. Faço isso em quase todos os jogos, fui lá porque fiz uma história dentro daquele clube. A maioria pediu camisa e eu fui levar para eles. Meu mau rendimento não tem nada a ver com uma foto pós-jogo”, disse Ronaldinho.

Nos últimos anos, Ronaldinho recebeu muitas críticas por sua falta de comprometimento no Barcelona, no Milan, no Flamengo, no Querétaro, do México, e até mesmo no fim de sua passagem pelo Atlético. Com Ronaldinho em campo, o Fluminense volta a campo nesta quarta-feira para visitar o Corinthians, às 22h (de Brasília), no Itaquerão, pela 22ª rodada do Brasileirão.

(com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

MELHOR
OFERTA

Digital no App