CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Rogerinho salva duplas brasileiras no ATP 500 de Hamburgo

Três duplas com tenistas brasileiros entraram em quadra nesta quarta-feira no ATP 500 de Hamburgo, mas apenas uma segue viva no torneio. Justamente a mais inesperada. Rogério Dutra da Silva, o Rogerinho, e o espanhol Daniel Muñoz de la Nava venceram o alemão Philipp Kohlschreiber e o polonês Mariusz Fyrstenberg, com parciais de 7/6 (7-2) […]

Por Da Redação 18 jul 2012, 18h08

Três duplas com tenistas brasileiros entraram em quadra nesta quarta-feira no ATP 500 de Hamburgo, mas apenas uma segue viva no torneio. Justamente a mais inesperada. Rogério Dutra da Silva, o Rogerinho, e o espanhol Daniel Muñoz de la Nava venceram o alemão Philipp Kohlschreiber e o polonês Mariusz Fyrstenberg, com parciais de 7/6 (7-2) e 6/4.

Já André Sá e o britânico Jamie Murray, irmão de Andy Murray, caíram diante dos espanhóis David Marrero e Fernando Verdasco, com 6/4, 5/7 e 10-7 a favor da parceria europeia. Bruno Soares e o alemão Alexander Waske foram derrotados pelos indianos Rohan Bopanna e Mahesh Bhupathi, favoritos ao título, com 6/3 e 7/6 (7-4).

Rogerinho era o principal favorito do qualifying da chave de simples do ATP 500 de Hamburgo, mas foi derrotado na última rodada do torneio classificatório justamente pelo espanhol Daniel Muñoz de la Nava.

Os dois resolveram se juntar para formar uma dupla e têm chance de avançar às semifinais na Alemanha. Para isso, precisam derrotar os holandeses Robin Haase e Jean-Julien Rojer, algozes dos argentinos Eduardo Schwank e Juan Monaco.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês