CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Robinho cobra diretoria e já admite trocar Santos por rivais

Atacante demonstrou insatisfação com salários atrasados e especulações

Por Da Redação Atualizado em 29 set 2021, 20h29 - Publicado em 22 Maio 2015, 09h37

O atacante Robinho abandonou o tom político de suas recentes entrevistas e, com contrato com o Santos prestes a vencer e salários atrasados, admitiu incômodo com a diretoria e a possibilidade de deixar o litoral paulista. Irritado com algumas especulações da imprensa, o jogador da seleção brasileira reiterou que gostaria de permanecer no clube que o formou, mas disse ter outras propostas e que não pretende reduzir sua pedida salarial.

“É engraçado ver os clubes falando que temos de baixar o salário quando voltamos da Europa. Mas baixamos, voltamos e, muitas vezes, não recebemos.” Em seguida, Robinho tentou amenizar o clima com uma brincadeira. “Na minha vida eu quero sempre melhorar em tudo: meu chute de pé esquerdo, de pé direito…e também o meu salário.”

Leia também:

Copa do Brasil: Santos perde para o Sport em Recife

Robinho acumula três passagens vitoriosas pelo Santos e disse que gostaria de permanecer na cidade, mas contou ter propostas de outros clubes brasileiros e estrangeiros, sem citar nomes. “Em Santos, eu tenho casa, me sinto feliz. Meu foco é jogar e tenho mais um mês de contrato. Não tenho pressa para nada. A diretoria é que tem que ter pressa.”

Por fim, o atacante colocou ainda mais pressão nos cartolas ao dizer que, caso não chegue a um acordo, aceitaria jogar em qualquer outro clube do país, inclusive os rivais paulistas. “Sou profissional. Vou para o time que me fizer uma proposta melhor e procurar fazer o meu trabalho da melhor maneira possível.”

O contrato de Robinho com o Santos se encerra em 30 de junho, mas ele viajará com a seleção para a disputa da Copa América, no Chile, em 1º de junho, e, caso a seleção avance até à final, em 4 de julho, pode nem voltar à Vila Belmiro após o torneio continental. Neste domingo, a equipe enfrenta a Chapecoense, às 16h (de Brasília) na Arena Condá, pela terceira rodada do Brasileirão.

(da redação)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês