ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Rivais veem Maria Elisa nervosa, e brasileira segura choro

Favoritas para avançarem às quartas de final, Talita e Maria Elisa acabaram caindo de forma surpreendente diante das tchecas Kolocova e Slukova. Enquanto as rivais atestaram nervosismo das brasileiras, a dupla verde-amarela não encontrou palavras para explicar a eliminação precoce. ‘Maria estava um pouco nervosa, todo mundo viu que ela não estava jogando seu melhor, […]

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 19h30 - Publicado em 4 ago 2012, 15h58

Favoritas para avançarem às quartas de final, Talita e Maria Elisa acabaram caindo de forma surpreendente diante das tchecas Kolocova e Slukova. Enquanto as rivais atestaram nervosismo das brasileiras, a dupla verde-amarela não encontrou palavras para explicar a eliminação precoce.

‘Maria estava um pouco nervosa, todo mundo viu que ela não estava jogando seu melhor, e então acho que esse foi um dos motivos’, arriscou Kolocova.

Maria Elisa, por sua vez, enquanto explicava que o jogo defensivo das tchecas a surpreendeu, começou a embargar a voz. ‘Elas imprimiram o ritmo delas muito rápido e não conseguimos nos impor. Não consegui mudar meu estilo de jogo. Nesse exato momento, não consigo avaliar bem. Estou de cabeça quente, tem que corar mesmo, se irritar. Mas paciência, voleibol é assim’, reconheceu.

Com 29 e 28 anos, Talita e Maria Elisa, respectivamente, já projetam a reação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. ‘Temos quatro anos para pensar. Será uma Olimpíada em casa, tem que ver o que aconteceu e o que podemos melhorar. Vamos erguer a cabeça e passar por esse momento ruim’, apostou.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade