CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Real x Bayern: 14 títulos europeus em campo nesta quarta

Os gigantes fazem jogo de ida da semi em Madri. Retrospecto favorece alemães

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 20h14 - Publicado em 23 abr 2014, 09h00

“Pode acontecer qualquer coisa. Pela forma como estamos jogando ultimamente, pode-se dizer que já não somos favoritos”, afirmou Robben

O Estádio Santiago Bernabéu, em Madri, recebe nesta quarta-feira um confronto entre dois dos principais clubes do planeta. Em busca de seu décimo título europeu, o Real Madrid encara o Bayern de Munique, dono de cinco troféus, pela primeira partida da semifinal da Liga dos Campeões. Os espanhóis tentam voltar à final europeia depois de doze anos de ausência – e, para isso, precisam desmentir o retrospecto, que é favorável aos alemães. Em cinco semifinais de competições continentais, o time espanhol só prevaleceu em 2000, caindo diante do time de Munique em 1976, 1987, 2001 e, mais recentemente, em 2012. Na última ocasião, as equipes empataram em 3 a 3 no placar agregado e o Bayern avançou à decisão nos pênaltis. No histórico geral, foram nove encontros em mata-matas e os alemães levam vantagem também neste quesito, pois avançaram em cinco duelos. Além disso, o time de Munique venceu oito dos catorze embates que disputou pela Liga dos Campeões no Santiago Bernabéu. O jogo começa às 15h45 (de Brasília).

Leia também:

Atlético de Madri e Chelsea fazem semifinal sem gols

Os números desfavoráveis deram ao Bayern um apelido em Madri: “La Bestia Negra”, referência à sina de derrotas do Real contra os alemães. E se o retrospecto atormenta o torcedor local, a lembrança das semifinais do ano passado também são frustrantes, pois o time foi eliminado por outro alemão, o Borussia Dortmund. Mas a ordem no Real Madrid é deixar o histórico de lado e focar nas duas partidas decisivas. Segundo o volante Xabi Alonso, o passado tem pouca importância no resultado final de um jogo. “O Bayern é um grande rival, mas nós também estamos em um bom momento, então não vejo nenhum time como favorito. E isso também não nos interessa, porque isso tem sido mais um comentário da imprensa e dos torcedores do que uma conversa que temos nos vestiários”, contou. Do lado alemão, o discurso é parecido. O atacante Arjen Robben admite que o desempenho recente do time bávaro deixa o duelo aberto. “Pode acontecer qualquer coisa. Pela forma como estamos jogando ultimamente, pode-se dizer que já não somos favoritos”, afirmou, em entrevista à revista alemã Kicker, referindo-se às derrotas para Augsburg e Borussia Dortmund no Campeonato Alemão.

Desfalques e reforços – Gareth Bale assustou o Real durante a semana por causa de uma forte gripe, mas voltou a treinar na terça e está confirmado no ataque do time espanhol. Na lateral esquerda, Coentrão ganha o lugar de Marcelo, já que o brasileiro está voltando de lesão e ainda não tem condições de jogo. Mas a principal estrela desta semifinal é outra. Depois de ficar de fora da última partida do Real, Cristiano Ronaldo deve voltar a atuar nesta quarta-feira. O craque português, porém, ainda precisa passar por um teste final para ser garantido no lado esquerdo do ataque. Ele foi desfalque na vitória por 2 a 1 sobre o Barcelona, na última quarta-feira, que rendeu o título da Copa do Rei. Nas últimas dez vezes que entrou em campo, o melhor jogador do mundo marcou treze vezes. Na Liga dos Campeões, Cristiano defende a artilharia com 14 gols e tenta ampliar seu recorde de maior goleador de uma única edição do torneio. Do lado alemão, o goleiro Neuer voltou a treinar normalmente e está confirmado para a partida. Assim, o técnico Pep Guardiola terá apenas os desfalques já sabidos de Thiago Alcântara, Shaqiri, Badstuber e Starke.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês