CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Pistorius: fotos mostram cena do crime; advogado reclama

Defesa do atleta, que diz ter matado a namorada por engano, quer saber como as imagens do banheiro vazaram e chegaram a uma emissora de TV britânica

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 11h24 - Publicado em 31 Maio 2013, 18h02

A TV britânica Sky News divulgou nesta sexta-feira fotos do banheiro em que o velocista sul-africano Oscar Pistorius matou sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp, em fevereiro deste ano. Ele alega ter agido em legítima defesa, pois pensou que se tratava de um invasor, mas os promotores afirmam que o crime foi premeditado, já que os tiros atingiram a mulher na cabeça, quadril e braço. As imagens são fortes e mostram uma poça de sangue no banheiro, além de paredes sujas e marcas de sangue em alguns móveis.

Leia também:

Oscar Pistorius não vai competir neste ano

Doping pode ter desencadeado ataque de fúria de Pistorius

África do Sul agora conhece o outro Pistorius: o vilão

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

As imagens, que têm qualidade baixa e parecem ter sido feitas por um telefone celular, não fazem parte do processo oficial contra Pistorius, que será interrogado novamente na semana que vem. Seu advogado, Brian Webber, exigiu explicações da polícia e da promotia. “Espero que tenham uma boa resposta para isso”, disse ele, irritado com o vazamento das fotos.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Considerado um dos maiores atletas paralímpicos de todos os tempos, Pistorius ganhou fama por, mesmo com duas próteses no lugar das pernas, ter conseguido disputar as provas de 400 metros e revezamento 4×400 metros, nos Jogos de Londres-2012. Considerado pelos sul-africanos um herói acima das divisões raciais, ele caiu em desgraça e teve seu patrocínio cortado pela Nike. Liberado da cadeia depois de pagamento de fiança, ele anunciou neste mês que não vai disputar nenhuma competição até o fim do ano por falta de condições psicológicas.

(Com agência Reuters)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês