CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Palmeiras perde pênalti e vence Santos por magro 1 a 0

Na primeira partida da final do Campeonato Paulista teve um jogador a mais desde os 12 minutos do segundo tempo, mas perdeu um pênalti e conseguiu contra o Santos uma vitória apertada, por 1 a 0. No próximo domingo, basta ao time não perder na Vila Belmiro para ser campeão, enquanto o Peixe precisa ganhar […]

Por Da Redação Atualizado em 29 set 2021, 20h58 - Publicado em 26 abr 2015, 18h23

Na primeira partida da final do Campeonato Paulista teve um jogador a mais desde os 12 minutos do segundo tempo, mas perdeu um pênalti e conseguiu contra o Santos uma vitória apertada, por 1 a 0. No próximo domingo, basta ao time não perder na Vila Belmiro para ser campeão, enquanto o Peixe precisa ganhar por mais de um gol de diferença.

A largada na frente alviverde se deveu a um gol de Leandro Pereira, aproveitando jogada iniciada por Cleiton Xavier (que entrou no lugar do machucado Arouca), aos 29 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, Paulo Ricardo cometeu pênalti e foi expulso, mas Dudu cobrou no travessão pelo Palmeiras. O Santos se mostrou contente com o placar e segurou a derrota.

Sem Valdivia nem Robinho, a primeira final do Campeonato Paulista teve um início com rivais muito distintos. O Palmeiras se acostumou a não contar com seu jogador mais caro, presente em apenas quatro partidas neste ano. Já o Santos, além de seu principal atleta, não tinha também Werley e Gustavo Henrique, ambos de responsabilidade defensiva.

Oswaldo de Oliveira não empregou a escalação ofensiva que mostrou à imprensa na quinta-feira. Repetiu o time que bateu o Botafogo de Ribeirão Preto nas quartas de final, há duas semanas, promovendo as voltas do zagueiro Vitor Hugo, do lateral esquerdo Zé Roberto e do atacante Leandro Pereira no clássico esquema com dois volantes e três jogadores na linha de apoio ao centroavante.

Mas faltava espaço aos anfitriões. Marcelo Fernandes escalou Chiquinho pela meia esquerda, mas a armação era extremamente defensiva.

Quando o time que quis atacar achou espaço, o gol saiu. Aos 29 minutos, Cleiton Xavier abriu na direita para Lucas e Robinho, no meio do caminho, abdicou de participar do lance, permitindo ao lateral cruzar na área para Leandro Pereira marcar.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês