CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Palmeiras erra demais, perde para Inter e segue em perigo

Por 1 a 0, time paulista sofre sua terceira derrota consecutiva no Brasileirão

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 17h40 - Publicado em 4 ago 2012, 20h33

O Palmeiras sofreu sua terceira derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro na noite deste sábado, aumentando seu tempo de permanência na zona de rebaixamento. Com uma atuação recheada de erros, o Verdão perdeu por 1 a 0 para o Internacional, que alcançou o G-4.

O resultado da partida foi definido ainda no primeiro tempo, quando Ygor cabeceou sem problemas para as redes. Com o uruguaio Diego Forlán em campo, o time gaúcho teve mais chances de marcar, mas desperdiçou. O Palmeiras, por sua vez, teve apenas uma oportunidade na etapa inicial, além de duas na segunda.

Com o placar deste sábado, o Palmeiras permanece com dez pontos, na zona de rebaixamento. Já o time do técnico Fernandão chegou aos 26 pontos, em quarto lugar.

O Verdão volta a campo na noite de quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), contra o Botafogo, no Engenhão. No mesmo dia, o Colorado recebe o Náutico, às 19h30, no Beira-Rio.

Partida – O Internacional não se intimidou por atuar fora de casa e exibiu superioridade durante todo o primeiro tempo do confronto, aproveitando principalmente os erros defensivos do Palmeiras. Logo aos oito minutos, Forlán recebeu livre na área, mas desperdiçou ao chutar para fora.

Na resposta, o Verdão criou sua única jogada da etapa. Marcos Assunção bateu escanteio na primeira trave, onde apareceu Leandro Amaro para desviar de cabeça, acertando o poste. O lance não animou o time mandante a evoluir. Como o Colorado levou vantagem nas disputas no meio-campo, chegou com mais facilidade à frente e encontrou um sistema defensivo desarrumado, apesar dos gritos desesperados de Felipão à beira do gramado.

Aos 15 minutos, Jajá cobrou escanteio e Elton levou a melhor para escorar na área. A bola ainda resvalou em Barcos e quase entrou na meta de Bruno.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

O Inter continuou perigoso e esteve perto de abrir o placar na sequência, quando o goleiro alviverde espalmou para o meio da área em chute de Fabrício, mas Jajá não aproveitou para completar.

Pouco depois, Índio cabeceou livre no meio da área e assustou o torcedor alviverde. Aos 34 minutos, o Inter foi recompensado. Jajá bateu falta para a área, Bruno hesitou para sair, a zaga não afastou e Ygor cabeceou para as redes. Ainda no primeiro tempo, o Inter reclamou da arbitragem, na jogada que aumentaria a vantagem. Forlán bateu falta para a área e Artur empurrou contra as próprias redes, mas o árbitro assinalou impedimento de Índio, que estava atrás do lateral palmeirense.

No intervalo, Felipão tentou aumentar o volume de jogo ofensivo, com a entrada de Obina na vaga de Mazinho. Apesar de a falta de criatividade persistir, o time paulista chegou ao ataque em cobrança de falta de Marcos Assunção. A bola passou pelo meio da área e chegou à segunda trave, onde Barcos escorou com o peito, mas para fora.

Ainda insatisfeito com seu time, o treinador alviverde tirou João Vitor para colocar Patrik. Logo na jogada seguinte, o Palmeiras criou boa chance. Patrik tocou na linha de fundo esquerda para Juninho, que rolou na pequena área para Barcos desviar, mas para fora.

Apesar de ter diminuído seu ímpeto, o Colorado fez questão de mostrar que seguiu atento para responder. Forlán apareceu com liberdade pela direita da área e arrematou, obrigando Bruno a fazer boa defesa. Ciente dos espaços atrás, Felipão tirou Márcio Araújo para colocar o garoto João Denoni.

Já o técnico Fernandão passou a alterar também o clube gaúcho, com as entradas de Rodrigo Moledo e Marcos Aurélio nas vagas de Elton e Jajá. O Palmeiras aumentou seu volume de jogo, mas só criou real chance de perigo aos 40 minutos, quando Obina recebeu na área, girou e bateu fraco, para defesa de Muriel.

(com GazetaPress)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade