Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Operado, Puyol pode desfalcar Barcelona por até três meses

Zagueiro sofreu cirurgia no joelho direito, o mesmo que o tirou da última Eurocopa, e só deve voltar na final da Liga dos Campeões

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 16h57 - Publicado em 16 mar 2013, 13h11

O zagueiro Puyol, capitão e um dos principais ídolos do Barcelona, deve desfalcar o time pelos próximos três meses. O atleta foi submetido a uma astroscopia no joelho direito. A cirurgia, realizada nesta sexta-feira, correu bem, e o prazo de recuperação pode até ser antecipado, segundo o médico do clube, Ramon Cugat. “Puyol irá marcar seu próprio retorno. Pode ser um mês e meio, dois ou três meses. Se tudo correr bem, ele poderá voltar para a final da Liga dos Campeões e todos ficariam contentes”, disse o médico. A decisão será no dia 25 de maio, no estádio de Wembley, em Londres. Para chegar lá, porém, o time terá de superar as quartas de final, contra o Paris Saint-Germain, em jogos marcados para os dias 2 e 10 de abril, e uma eventual semifinal.

Leia também:

Santos fecha patrocínio com a Chery e cria saia justa para Neymar

Nos jogos contra o time francês, o primeiro em Paris e o segundo em Barcelona, a presença de Puyol já está descartada e o time deve ter a zaga formada por Piqué e Mascherano, como ocorreu na última terça-feira, quando o time eliminou o Milan com uma goleada por 4 a 0 – Puyol começou no banco e entrou aos 32 minutos do segundo tempo no lugar do argentino, que é volante de origem e considerado por muitos críticos como baixo demais para jogar na defesa. Sem Puyol, o meia Xavi ficou com a faixa de capitão.

A preocupação maior é porque a cirurgia foi no mesmo joelho que foi operado em maio do ano passado e tirou o zagueiro da campanha vitoriosa da Espanha na Eurocopa, disputada na Ucrânia e na Polônia. Com a suséita da lesão, Piqué já não tinha sido convocado para os jogos que a seleção espanhola fará nas próximas semanas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014: recebe a Finlândia na próxima sexta-feira, em Gijón, e na terça, dia 26, encara a França, em Paris.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com Estadão Conteúdo e Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade