Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

No Catar, Nenê agride, apanha, é expulso e pede desculpas

Atacante do Al Gharafa perdeu o controle no fim de jogo contra o Al Arabi, mas disse que foi apenas um “momento de nervosismo”

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 16h45 - Publicado em 19 mar 2013, 22h18

O brasileiro Nenê viveu um momento de fúria nesta terça-feira, nos instantes finais do jogo em que seu time, o Al Gharafa, foi derrotado por 2 a 1 pelo Ar Ababi e eliminado da Copa do Catar. Ele fez uma falta violenta num defensor adversário, foi expulso e depois acertou um soco – pelas costas – no meia marroquino Houssine Kharja. Depois que uma confusão se formou, Kharja “driblou” um grupo de jogadores que afastavam e protegiam Nenê e revidou a agressão com uma voadora e um soco. A confusão foi grande, terminou com outros jogadores expulsos e o campo invadido por várias pessoas, inclusive xeques árabes vestindo roupas tradicionais. Horas depois da partida, o jogador brasileiro, que deixou o Paris Saint-Germain no começo deste ano, escreveu um pedido de desculpas em seu site oficial. “‘Queria apresentar minhas sinceras desculpas aos meus companheiros, aos atletas adversários, bem como ao público presente ao estádio e a todos os que testemunharam meu ato. Em um momento de nervosismo pelo resultado negativo, acabei cedendo à provocação de uma maneira que não costumo agir e não é do meu caráter. Me arrependo sincera e profundamente pelo meu comportamento”, disse.

Veja abaixo o vídeo com a confusão.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade