Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

NBA pega carona na diplomacia e anuncia acampamento em Cuba

Liga americana e federação internacional farão um evento de desenvolvimento do basquete na ilha caribenha no fim deste mês

Por Da Redação Atualizado em 29 set 2021, 21h21 - Publicado em 7 abr 2015, 14h31

A NBA, a principal liga americana de basquete, e a Federação Internacional de Basquete (FIBA) aproveitaram o recente restabelecimento das relações diplomáticas entre Estados Unidos e Cuba para anunciar nesta terça-feira a realização de um evento esportivo na ilha caribenha. Entre os dias 23 e 26 de abril, a capital Havana receberá o primeiro acampamento de desenvolvimento da modalidade em Cuba.

Leia também:

Futebol: New York Cosmos fará amistoso contra Cuba em Havana ​

Esta será a primeira visita de uma liga profissional de esportes dos Estados Unidos a Cuba após a reaproximação entre os dois países, iniciada em dezembro do ano passado. O evento terá a presença de grandes estrelas da liga: o canadense Steve Nash, eleito duas vezes MVP (jogador mais valioso) da NBA, o congolês Dikembe Mutombo, embaixador global da marca e integrante do “Hall da Fama” do basquete, e a portuguesa Ticha Penicheiro, importante nome da WNBA, a liga feminina.

Os ídolos comandarão os quatro dias de acampamento com as seleções masculina e feminina de Cuba, além de colaborar nos projetos comunitários em parceria com o Ministério de Esportes de Cuba e a Federação Cubana de Basquete (CBF). O presidente da FIBA, Horacio Muratore, ressaltou a importância de firmar parceria com a NBA, juntamente com um país em que o basquete é um esporte tradicional: “Este é um país que ama o basquete e estamos muito orgulhosos em trabalhar ao lado da NBA nessa iniciativa histórica”.

O basquete masculino cubano tem como principal resultado uma medalha de bronze conquistada nos Jogos Olímpicos de 1972, em Munique. Já as mulheres da ilha conseguiram um quarto lugar nas Olimpíadas de 1992, em Barcelona. Um ano antes, o então presidente Fidel Castro, um fã da modalidade, se rendeu ao talento de Paula e Hortência ao entregar a medalha de ouro à seleção brasileira, que bateu Cuba na decisão dos Jogos Pan-Americanos de Havana.

Fidel Castro entrega medalha de ouro para Hortência da seleção brasileira de basquete que venceu a seleção de Cuba na final dos jogos Panamericanos de 1991, em Havana
Fidel Castro entrega medalha de ouro para Hortência da seleção brasileira de basquete que venceu a seleção de Cuba na final dos jogos Panamericanos de 1991, em Havana VEJA

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade