CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Luxemburgo exalta evolução de Leandro após virada

Por AE Porto Alegre – A vitória do Grêmio diante do Sport, por 3 a 1, de virada, na última quarta-feira, teve um herói improvável: o atacante Leandro. Depois de um longo período sem ser aproveitado, ele entrou aos 15 minutos do segundo tempo, quando o time gaúcho perdia por 1 a 0, e marcou […]

Por Da Redação Atualizado em 17 out 2021, 15h31 - Publicado em 19 jul 2012, 10h01

Por AE

Porto Alegre – A vitória do Grêmio diante do Sport, por 3 a 1, de virada, na última quarta-feira, teve um herói improvável: o atacante Leandro. Depois de um longo período sem ser aproveitado, ele entrou aos 15 minutos do segundo tempo, quando o time gaúcho perdia por 1 a 0, e marcou dois gols, selando o resultado positivo e encerrando um jejum próprio de quase um ano sem balançar as redes.

Após a partida, o técnico Vanderlei Luxemburgo exaltou o jogador e disse que a boa atuação foi fruto de sua mudança de atitude. “Ele treinou, ganhou quatro quilos de massa muscular, aperfeiçoou a finalização, aprendeu a se posicionar melhor. Tudo isso é ensinamento. Nós, técnicos, às vezes cobramos de um menino como se estivesse pronto para ser a solução”, comentou.

Leandro surgiu na equipe profissional do Grêmio como promessa, alternou bons e maus momentos e perdeu espaço. Ele só voltou a ser notícia em abril, mas por sua vida fora dos gramados, quando foi preso por dirigir com carteira de motorista falsa. Três meses depois, o jovem atacante, de apenas 19 anos, apareceu novamente com destaque em campo.

“As pessoas precisam entender que ele só tem 18 anos (na verdade, 19) e às vezes cometemos o erro muito grande de cobrar um menino dessa idade como se fosse o Pelé, o Cruyff, o Maradona. Alguns jogadores são craques com 18 anos, outros não. A base dele foi muito precoce, ele saiu muito rápido da base. Ele ainda tem que aprender com a vida, acontecendo coisas como o que aconteceu com ele (incidente com a carteira de motorista)”, disse Luxemburgo.

Mas não foi só Leandro que aprendeu uma nova lição na partida da última quarta, pelo Campeonato Brasileiro. A atuação do volante Fernando, de 20 anos, também foi comentada pelo técnico gremista, mas no aspecto negativo. No lance do gol do Sport, o jogador ficou reclamando de uma marcação do árbitro e não acompanhou a marcação. Tudo natural para sua idade, de acordo com Luxemburgo.

“Hoje também foi um grande aprendizado para o Fernando. Pude chamar ele e falar: ‘O gol saiu porque você ficou reclamando de um arremesso lateral, não voltou e ficaram quatro jogadores deles contra três nossos’. Ele tinha que entrar junto, mas ficou discutindo. Mas tudo isso é uma lição para um menino como ele”, apontou o comandante gremista.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês