CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Lutador brasileiro de MMA morre antes de pesagem no Rio

Leandro ‘Feijão’ Souza tinha 26 anos. Causa da morte ainda não foi divulgada

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 03h06 - Publicado em 27 set 2013, 08h14

O MMA brasileiro sofreu um duro golpe na quinta-feira. Em meio aos preparativos para a pesagem de uma luta do Shooto 43, evento que aconteceria nesta sexta, no Rio de Janeiro, o lutador Leandro “Feijão” Caetano de Souza, de 26 anos, desmaiou pouco antes de subir na balança. O atleta foi levado em uma ambulância para um hospital no bairro de Botafogo, na Zona Sul da capital fluminense, mas os médicos não conseguiram reanimá-lo – sua morte foi confirmada pouco depois. Até a manhã desta sexta, nem o hospital nem os treinadores de Souza haviam divulgado a causa da morte, Não há informações sobre outros problemas de saúde no histórico do atleta. “Feijão” enfrentaria Gabriel Brasil em um dos combates do evento desta sexta. O Shooto é um dos principais eventos de MMA do país, perdendo apenas para o Jungle Fight. A edição desta sexta foi cancelada.

Leia também:

Leia também: Atletas do UFC perdem até 16 kg para ‘enganar’ a balança

O atleta era membro da Caçadores Team-Nova União, mesma equipe dos astros José Aldo e Renan Barão, os dois brasileiros que detêm títulos do UFC no momento. Após a confirmação da morte de Leandro, o técnico e empresário André Pederneiras, mentor de Aldo e Barão e um dos fundadores do time, usou sua página no Facebook para se pronunciar sobre o caso. “É com grande pesar que noticiamos o falecimento do atleta Leandro Caetano de Souza. Os motivos ainda não são de nosso conhecimento. Gostaríamos de expressar os pêsames a todos os amigos e familiares”, escreveu Pederneiras, que é proprietário da marca Shooto no Brasil. Os atletas de MMA costumam perder muito peso antes de suas lutas, e muitos têm de recorrer a procedimentos agressivos – como muitas horas de sauna – para atingir o limite de suas categorias.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

MELHOR
OFERTA

Digital no App