Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Liga dos Campeões: Barcelona bate PSG com show de Suárez e gol de Neymar

Mesmo jogando em Paris, equipe espanhola conta com grande atuação de seu ataque sul-americano e abre grande vantagem nas quartas de final

Por Da Redação Atualizado em 29 set 2021, 21h10 - Publicado em 15 abr 2015, 18h03

Só deu Barcelona no duelo mais aguardado das quartas de final da Liga dos Campeões. Mesmo jogando na França, a equipe espanhola bateu o Paris Saint-Germain por 3 a 1 na tarde desta quarta-feira e encaminhou vaga nas semifinais. Neymar marcou o primeiro e o uruguaio Luís Suárez completou a vitória com dois belíssimos gols. Pior para o brasileiro David Luiz, que levou dois dribles desconcertantes do uruguaio nas jogadas. No fim, o holandês Van der Wiel descontou para o PSG, que terá de vencer o jogo de volta, na próxima terça, no Camp Nou, por três gols de diferença para avançar.

Leia também:

Liga dos Campeões: Atlético empata sem gols com Real Madrid

Uefa pretende juntar Messi e Cristiano Ronaldo no mesmo time pela 1ª vez

Ibra diz que jogadores do Chelsea são ‘bebês’ e Thiago Silva critica Mourinh

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

O duelo no Parque dos Príncipes teve início com três brasileiros em campo: Marquinhos e Thiago Silva, pelo PSG, e Neymar, do Barcelona. Na segunda etapa ainda entraram David Luiz, Lucas e Adriano. O número de representantes do país podia ser até maior, mas Daniel Alves e Thiago Motta estavam lesionados e Douglas ficou no banco. Neymar entrou sob pressão depois de ter sido flagrado reclamando de uma substituição no fim de semana, com com gestos efusivos e xingamentos contra seu treinador, Luis Enrique. O técnico, porém, decidiu perdoar atitude do craque, que foi confirmado como titular e tebe boa atuação.

O capitão da seleção começou o jogo tímido, trocando passes curtos, mas a partir dos 10 minutos começou a se soltar. Primeiro, aproveitou sobra na área e chutou para cima. Aos 19, porém, recebeu um excelente passe de Lionel Messi e tocou com tranquilidade na saída do goleiro Salvatore Sirigu. Na comemoração, Neymar colocou a bola na barriga e chupou o dedo, em gesto que levantou suspeitas sobre nova paternidade – o jogador já é pai de Davi Lucca, de três anos. Do lado do PSG, os defensores brasileiros tinham muitas dificuldades para segurar o trio MSN, formado por Messi, Suárez e Neymar. Thiago Silva, inclusive, sentiu lesão logo após o gol de Neymar e deu lugar a David Luiz, que só foi relacionado graças a um tratamento misterioso realizado na Rússia, e foi infeliz nos lances capitais do jogo.

Suárez – Na segunda etapa, a defesa brasileira do PSG até conseguia bloquear bem as principais tentativas do Barça, até que, aos 22 minutos, Suárez atropelou a todos e mudou o panôrama do jogo. Primeiro, o uruguaio aplicou uma caneta em David Luiz, depois cortou Marquinhos e ganhou no corpo de Maxwell, antes de tocar no canto de Sirigu. O gol desanimou de vez a torcida do PSG, que lamentou a ausência de seu principal jogador, o sueco Zlatan Ibrahimovic, suspenso pela expulsão nas oitavas, contra o Chelsea.

Aos 19, o técnico Laurent Blanc pôs em campo outro brasileiro, Lucas, que retornava de lesão, mas pouco conseguiu produzir. Messi, que no primeiro tempo acertou um chute na trave, quase fez o terceiro em outra bela jogada individual. No lance, ele pediu desculpas a Neymar por não ter passado a bola para o brasileiro, em mais um gesto que comprova a afinidade entre os craques. A grande estrela da tarde, porém, era mesmo Suárez. Aos 33, o camisa 9 deu outro drible por entre as pernas de David Luiz e acertou um chute certeiro no ângulo. O PSG só não desistiu completamente do confronto, porque aos 36 minutos o lateral Van der Wiel arriscou da entrada da área, a bola desviou em Jérémy Mathieu e entrou.

Porto – No Estádio do Dragão, a equipe portugesa surpreendeu o Bayern de Munique e abriu boa vantagem no confronto com uma vitória por 3 a 1. Ricardo Quaresma, duas vezes, e Jackson Martínez marcaram para os anfitriões. O brasileiro naturalizado espanhol Thiago Alcântara descontou para o Bayern. O jogo de volta acontece na próxima terça, na Allianz Arena, em Munique.

(Da redação)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade