Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Libertadores: Cássio está fora do Corinthians nas oitavas

Com fratura no punho esquerdo, goleiro ficará cerca de um mês sem jogar

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 15h30 - Publicado em 9 abr 2013, 17h25

Um dos heróis das conquistas da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2012, o goleiro Cássio vai desfalcar o Corinthians de três a quatro semanas por causa de uma fratura incompleta na ulna, na região do punho esquerdo. Ele se machucou no fim da partida da vitória por 1 a 0 sobre o Millonarios, na semana passada, em que o Corinthians garantiu a classificação para a fase de mata-mata. Cássio já não joga contra o San José, nesta quarta-feira, na última partida da fase de grupos, e nem os duelos das oitavas de final – ainda com adversário indefinido. Esta foi a quarta lesão de Cássio em 2013. Depois de ser eleito o melhor jogador do Mundial, o goleiro começou o ano com o ombro esquerdo machucado. Depois teve um problema muscular na coxa esquerda e, no clássico contra o São Paulo, sentiu uma lesão leve no quadril.

Leia também:

Alexandre Pato divulga nova camisa do Corinthians

Aldo quer que governo passe a ter influência sobre a CBF

‘Não estamos aqui para dar show’, avisa o craque Neymar

Com a ausência do titular, o técnico Tite terá de optar entre Julio César e Danilo Fernandes. Os dois se revezaram nas partidas em que Cássio foi poupado – Julio César enfrentou o São Bernardo, no domingo, e por isso Danilo teria mais chances de enfrentar o San José. Embora mais experiente – foi titular na conquista do Brasileiro de 2011 -, Julio César tem rejeição de boa parte da torcida, por causa de falhas como no jogo que eliminou o time do Paulista de 2012, contra a Ponte Preta – e que lhe custaram a posição de titular.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade