ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Kvitova arrasa Bouchard e é bicampeã em Wimbledon

Tcheca precisou de apenas 55 minutos para confirmar favoritismo

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 14h49 - Publicado em 5 jul 2014, 12h06

A tcheca Petra Kvitova precisou de apenas 55 minutos para confirmar o seu favoritismo e sagrar-se bicampeã do torneio de Wimbledon, neste sábado, em vitória arrasadora sobre a canadense Eugenie Bouchard por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/0.

Kvitova já havia vencido o tradicional campeonato inglês em 2011, em final contra a russa Maria Sharapova. Com o novo triunfo, o 12º de sua carreira, ela pula da sexta para a quarta posição do ranking mundial, que será atualizado na segunda-feira pela WTA.

O primeiro set da partida deste sábado durou apenas 32 minutos – a canadense conseguiu quebrar apenas uma vez o serviço da tcheca. E a segunda etapa foi vencida com ainda mais facilidade por Kvitova, com seus golpes fortes e profundos.

Esta foi a primeira final de um torneio de Grand Slam com duas jogadoras nascidas nos anos 90. Kvitova e Bouchard só haviam se enfrentado uma vez, com vitória da primeira. Mesmo derrotada, Bouchard também fez história: é a primeira canadense a chegar à final de um Grand Slam.

Final masculina – A final masculina de Wimbledon promete ser mais disputada, com o duelo entre o sérvio Novak Djokovic e o suíço Roger Federer, neste domingo. Se vencer, o suíço vai se tornar o único tenista com oito títulos do Grand Slam inglês no currículo. Hoje ele é um dos três heptacampeões, ao lado do norte-americano Pete Sampras e do britânico William Remshaw.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Aos 32 anos, o suíço é o segundo tenista mais velho a chegar a uma final de Wimbledon, atrás de Ken Rosewall, que disputou decisões aos 35 e aos 39 anos. Em oito finais no Grand Slam inglês, Federer perdeu apenas uma, para o espanhol Rafael Nadal, em 2008.

Leia mais:

Federer vai à final em busca do oitavo título em Wimbledon

Wimbledon: Djokovic vence Dimitrov e vai à final

(com Estadão Conteúdo e AFP)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade