CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Kleber define plano gremista: 12 pontos nos próximos seis jogos

Restando seis rodadas para o final do primeiro turno, o atacante Kleber já tem definido qual o aproveitamento que o Grêmio precisa ter nesta fase da competição. Segundo o camisa 30, para continuar na perseguição ao Galo e chegar à segunda metade da competição bem, o time gaúcho precisa de, pelo menos, 12 pontos. ‘Temos […]

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 19h29 - Publicado em 4 ago 2012, 15h58

Restando seis rodadas para o final do primeiro turno, o atacante Kleber já tem definido qual o aproveitamento que o Grêmio precisa ter nesta fase da competição. Segundo o camisa 30, para continuar na perseguição ao Galo e chegar à segunda metade da competição bem, o time gaúcho precisa de, pelo menos, 12 pontos.

‘Temos que pensar no mínimo em conseguir 12 pontos. Se vier mais, será um aproveitamento muito bom, mas é o que devemos somar, pelo menos’, avisou o jogador, que volta ao time titular após suspensão, já prevendo os próximos duelos da equipe tricolor na competição.

‘Mesmo as equipes que não vão disputar o título, são jogos difíceis. A Ponte Preta, em Campinas, é muito difícil de jogar contra. Eles estão bem contra os grandes, é complicado. Vai tirar ponto dos que brigam lá em cima. Se a gente conseguir uma vitória lá, uma contra a Portuguesa e Figueirense, podemos contra Inter e São Paulo apenas empatar’, analisou.

Para enfrentar o Bahia, neste domingo, no Olímpico, o Grêmio vai ter o considerado time ideal, já que os desfalques, André Lima e Vilson, que receberam o terceiro cartão amarelo, são reservas. Em relação à equipe que bateu o Coritiba, pela Copa Sul-americana, o meia Zé Roberto e o atacante Marcelo Moreno, então poupados, voltam ao time titular.

Desta forma, a equipe de Vanderlei Luxemburgo deve entrar em campo com: Marcelo Grohe; Edilson, Werley, Gilberto Silva, Pará; Fernando, Souza, Elano, Zé Roberto; Kleber e Marcelo Moreno. O confronto marca, também, o reencontro do elenco gremista com Caio Júnior, atual comandante do Bahia.

Após assumir a equipe gaúcha no começo do ano, o treinador foi demitido apenas após oito jogos. Apesar do momento ruim vivido no Grêmio, Caio tem grande capacidade, de acordo com o Gladiador. ‘Apesar de não ter conseguido bons resultados aqui, ele é um bom treinador. A gente sabe que o Bahia tem um bom time, perigoso’, completou o atacante.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade