CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Jogadores de Corinthians e São Paulo discutem na web

Zagueiro Gil provocou o ex-companheiro Alexandre Pato após vitória corintiana no clássico e foi repreendido pelo volante são-paulino Souza

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 12h28 - Publicado em 22 set 2014, 09h46

O zagueiro Gil, do Corinthians, aproveitou a vitória por 3 a 2 de sua equipe no clássico de domingo sobre o São Paulo para provocar seu ex-colega Alexandre Pato nas redes sociais. “Chupa, Pato. Aqui é Corinthians, mano”, escreveu o defensor, horas depois da partida no Itaquerão, nos comentários de uma foto postada por Pato em sua conta no Instagram. Na imagem, Pato, que não pôde defender o São Paulo por ainda pertencer ao Corinthians, desejava sorte aos atuais companheiros. ‘Vamos, São Paulo. Vamos, São Paulo. Toda a sorte do mundo hoje, guerreiros” era a frase.

Leia também:

Guerrero decide, Corinthians vira e vence São Paulo

Torcida apedreja o ônibus do Palmeiras após vexame​

Atlético-MG marca no fim e derrota Cruzeiro no Mineirão

Resposta do volante Souza à provocação de Gil contra Alexandre Pato
Resposta do volante Souza à provocação de Gil contra Alexandre Pato VEJA

Pouco depois da provocação, Gil apagou o comentário, mas não a tempo de passar despercebido. O volante são-paulino Souza, autor de um dos gols do clássico, usou o mesmo espaço para rebatê-lo: ‘Não se esqueça, Gil, que vocês ainda estão a dois pontos da gente. Relaxa e respeita o moleque, ele não falou nada contigo. Parece torcedor”. O comentário de Souza foi exatamente o mesmo que ele fez ainda no gramado, quando destacou que, apesar da vitória, o Corinthians ainda estava atrás do São Paulo na tabela.

Essa não é a primeira vez que uma publicação de Pato em redes sociais rende discussões. No primeiro clássico depois de ter sido emprestado ao São Paulo, válido pelo Paulistão deste ano, o atacante comemorou no Twitter a vitória por 3 a 2 de sua nova equipe e foi criticado até pelo presidente do Corinthians, Mário Gobbi, que considerou a atitude desrespeitosa com o clube que paga metade de seu salário. Gil e Pato chegaram juntos ao Corinthians, em janeiro do ano passado.

(Com Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês