CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Jogador é banido da seleção grega por saudação nazista

Federação grega entende que gesto é ataque a vítimas das atrocidades do nazismo e vai contra as características pacíficas e humanas do futebol

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 16h53 - Publicado em 17 mar 2013, 19h02

O jogador de futebol grego Georgios Katidis, do AEK Atenas, foi banido da seleção de seu país por comemorar com uma saudação nazista o gol da vitória de sua equipe sobre o Veria (2 a 1) na 26ª rodada do Campeonato Grego. A federação grega decidiu, em reunião extraordinária, pela exclusão “por toda vida do jogador de todas as categorias da seleção”.

Leia também:

Argentina: brutalidade no futebol é um alerta para o Brasil

O órgão federativo “condena inequívoca e categoricamente” a ação e entende que dito gesto é “um profundo ataque às vítimas das atrocidades do nazismo e vai contra as características pacíficas e humanas do futebol”. A federação acrescenta que “tomará todas as medidas necessárias para preservar o caráter pacífico de futebol e promover os valores da solidariedade, da cooperação e do respeito”.

Katidis, de 20 anos, escreveu no Twitter, após saber a decisão da federação, que não teria feito o gesto se conhecesse seu significado real e que abomina o nazismo.

(Com Agência EFE)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês