Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Irã e Coreia do Sul se garantem para Mundial no Brasil

Os estádios da Copa já inaugurados • Castelão (Fortaleza) • Mineirão (Belo Horizonte) • Fonte Nova (Salvador) • Maracanã (Rio de Janeiro) • Mané Garrincha (Brasília) • Arena Pernambuco (Recife) Coreia do Sul e Irã se enfrentaram nesta terça-feira em Ulsan (Coreia), pela última rodada das Eliminatórias Asiáticas, e ao final da partida ambos comemoraram: […]

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 10h17 - Publicado em 18 jun 2013, 13h12

Os estádios da Copa já inaugurados

Castelão (Fortaleza)

Mineirão (Belo Horizonte)

Fonte Nova (Salvador)

Maracanã (Rio de Janeiro)

Mané Garrincha (Brasília)

Arena Pernambuco (Recife)

Coreia do Sul e Irã se enfrentaram nesta terça-feira em Ulsan (Coreia), pela última rodada das Eliminatórias Asiáticas, e ao final da partida ambos comemoraram: a vitória iraniana por 1 a 0 (gol de Ghoochannejhad), aliada ao triunfo do Uzbequistão sobre o Catar por 5 a 1, garantiu iranianos e sul-coreanos na Copa do Mundo de 2014 no Brasil. O Irã terminou na liderança do Grupo A, com 16 pontos, enquanto a Coreia do Sul ficou na segunda colocação, com 14, empatada com o Uzbequistão, mas com vantagem no saldo de gols: 6 a 5. As duas seleções se juntam a Japão e Austrália (que venceu mais cedo o Iraque por 1 a 0), respectivamente primeiro e segundo colocados do Grupo B, já com vagas garantidas.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Leia também:

A um ano da Copa, Itaquerão conclui 79% de suas obras

Organização da Copa de 2014 enfrenta crise e pressões

Blatter agora aposta que Brasil fará melhor Copa de todas

Japão empata e é primeira seleção classificada para a Copa de 2014

Esta será a quarta Copa do Mundo da seleção iraniana, que participou em 1978, 1998 e 2006. Agora, a equipe quer melhorar seu retrospecto em Copas, pois sempre caiu na primeira fase. A Coreia do Sul disputará seu nono mundial, sendo o oitavo consecutivo, e sonha em repetir a campanha de 2002, quando sediou a competição ao lado do Japão e parou nas semifinais, perdendo para a Alemanha.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

O Uzbequistão ainda tem chance de se classificar para a Copa de 2014. Como terceiro colocado se classificou para a quinta fase das Eliminatórias e enfrentará Omã, terceiro do Grupo B, em um mata-mata. Quem avançar, disputará uma repescagem com o quinto colocado das Eliminatórias Sul-Americanas por uma vaga.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade