CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Fluminense vence Inter por 1 x 0 e consolida liderança

Fred marcou gol em jogo marcado por uma série de lances controversos

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 11h02 - Publicado em 9 set 2012, 18h18

Com um gol de Fred, o Fluminense venceu o Internacional por 1 a 0 neste domingo, no Beira-Rio, e manteve a liderança do Campeonato Brasileiro. A partida foi marcada por vários lances controversos, como expulsões e pênaltis não marcados pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio.

LEIA TAMBÉM:

LEIA TAMBÉM: Santos e São Paulo empatam sem gols na Vila Belmiro

Botafogo derrota o Náutico por 3 a 1 e se aproxima de G4

Muito desfalcado, o Colorado tomou a iniciativa nos minutos iniciais, mas faltava qualidade para definir as jogadas. O Flu abriu o placar aos 28 minutos de jogo, em uma arrancada espetacular de Wellington Nem concluída por Fred, artilheiro do campeonato, com 11 gols. Na etapa final, o Inter insistiu, mas não teve competência para empatar a partida.

A vitória leva a equipe carioca aos 50 pontos, cinco à frente do Atlético-MG, que ainda joga neste domingo, contra o Palmeiras, e seis a mais que o Grêmio. O Inter, com 35, caiu para a sétima posição, e ainda pode ser ultrapassado pelo Cruzeiro, que visita o Sport neste domingo, às 18h30.

Na próxima rodada, o Fluminense joga mais uma vez fora de casa, contra a Portuguesa, no Canindé, na quarta-feira. Já o Internacional, que venceu apenas um dos seus sete últimos jogos, buscará recuperação fora de casa, na quinta, com um duelo direto pelo G-4 contra o Botafogo.

Leia também:

Leia também: Portuguesa joga mal e empata com o Atlético-GO

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Arbitragem – O jogo já começou cheio de controvérsias de arbitragem no Beira-Rio. Aos 11 minutos, o meia colorado Fred foi derrubado por Leandro Euzébio na área, mas o árbitro não marcou pênalti e ainda deu cartão amarelo a Dagoberto, por reclamação. Quatro minutos depois, Fred, do Flu, limpou a marcação de Rodrigo Moledo e foi tocado pelo zagueiro do Inter, mas Wilton Pereira Sampaio igualmente não marcou penalidade.

Com dificuldades de penetração, as equipes só chegavam com perigo em chutes longos. Aos cinco minutos de jogo, Élton arriscou e mandou por cima. Aos 15, logo antes do pênalti reclamado pelo Flu, Thiago Neves chutou cruzado e Muriel espalmou. Aos 17, Wellington Nem venceu a marcação na entrada da área, mas o tiro saiu torto e fraco.

O atacante do Fluminense se redimiria plenamente aos 28. Nem ganhou no corpo de Élton e pegou rebote ainda no campo colorado. Arrancou por mais de 50 metros, venceu Élton na corrida, driblou Índio e deixou Fred na cara do gol. O artilheiro desviou de Muriel e abriu o placar no Beira-Rio. Golaço, 1 a 0.

Segundo tempo – O segundo tempo teve ainda mais lances controversos que a etapa inicial. Logo a um minuto, Wellington Nem repetiu a arrancada que resultou no gol de Fred. O atacante conduziu a bola em velocidade desde o meio-campo, limpou dois marcadores, entrou na cara de Muriel e foi derrubado pelo goleiro colorado, mas o árbitro ignorou a penalidade e mandou o jogo seguir.

A seguir, o Inter viveu seu melhor momento no jogo, dando a impressão de que poderia empatar. Aos dois minutos, Fabrício cruzou, Dagoberto pegou de primeira, mas Leandro Euzébio tirou de cabeça em cima da linha, com Diego Cavalieri já batido no lance. Aos 11, o goleiro do Flu pegou chute de Josimar de fora da área.

A reação colorada foi freada aos 12 minutos, quando Nei derrubou Wellington Nem e recebeu cartão vermelho. No entanto, já no minuto seguinte, o Flu também ficou com dez homens. Em levantamento para a área colorada, Leandro Euzébio recebeu cotovelada de Índio e revidou com um chute no zagueiro colorado. O árbitro só viu a agressão do jogador carioca e o expulsou de campo.

(Com agência GazetaPress)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade