CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Fifa recebe quase 3 milhões de pedidos de ingressos

Segunda etapa de vendas termina na próxima quinta-feira, às 9h (de Brasília)

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 23h05 - Publicado em 24 jan 2014, 16h30

A Fifa revelou nesta sexta-feira que recebeu quase 3 milhões de pedidos de ingressos para a Copa do Mundo na segunda fase de vendas, que se encerra na próxima quinta-feira, às 9h (de Brasília). De acordo com a entidade, aproximadamente 700.000 solicitações foram feitas fora do Brasil. Todos os pedidos vão participar de um sorteio eletrônico em fevereiro.

Os interessados ainda podem solicitar ingressos de 62 dos 64 jogos do Mundial – exceto a abertura no Itaquerão, entre Brasil e Croácia, dia 12 de junho, e a final, no Maracanã, dia 13 de julho. Eles serão informados da confirmação da compra até o dia 11 de março pela Fifa, via e-mail ou mensagem de texto no celular. Os compradores que não tiverem saldo suficiente para debitar o pagamento das entradas terão a solicitação cancelada e os ingressos serão reservados para outras pessoas. Quem quiser receber o bilhete em casa, deve fazer o pedido pelo site de ingressos da Fifa até o dia 30 de janeiro.

Leia também:

Valcke: Fifa quer supervisionar contratação de atletas

Em Zurique, Dilma e Blatter tentam mostrar paz e sintonia

Ultimato da Fifa e protesto ofuscam solenidade com Dilma

A terceira e última fase de vendas começa no dia 12 de março, às 8h (de Brasília). Nesta etapa, as entradas serão vendidas por ordem de pedido. A retirada dos bilhetes nos Centros de Distribuição de Ingressos da Fifa, para aqueles que não optaram pela entrega em casa, terá início em abril.

(Com Estadão Conteúdo e agência EFE)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

MELHOR
OFERTA

Digital no App