CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

F1: Massa, motivado na Austrália. Mas sem exageros

Brasileiro fará sua primeira corrida oficial pela Williams no final de semana

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 21h41 - Publicado em 13 mar 2014, 16h02

Felipe Massa faz seu primeiro treino oficial na Williams na temporada na noite desta quinta e está cada vez mais satisfeito com o clima na equipe. Às 22h30 (horário de Brasília) acontece o primeiro treino livre para o GP da Austrália, em Melbourne, e depois dos ótimos treinos na pré-temporada Massa e equipe estão esperançosos de reviver os bons tempos de ambos. “A equipe está realmente motivada. Eles querem crescer e melhorar muito. Estou muito feliz com o pessoal, são muito profissionais. Está chegando gente nova e há ideias muito boas surgindo”, disse Massa.

Leia também:

Massa adota homenagem a Schumacher no seu capacete

Conheça as oito mudanças para tentar animar a Fórmula 1

Apesar da empolgação e motivação, Massa sabe que com as mudanças na F1 todos têm muito trabalho. “Não podemos esquecer que a Williams viveu anos muito difíceis. E ainda há muito o que fazer, muito desenvolvimento dentro da fábrica e da equipe.” O piloto brasileiro evitou fazer previsão para o desempenho de sua equipe e apontou a Mercedes como favorita ao título. “Pode ser que sejamos tão competitivos quanto as outras equipes, mas ainda estamos no início. Neste fim de semana começaremos a entender o carro.”

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Leia também:

‘Massa está com fome de vitória’, diz diretor da Williams

Williams revela nova homenagem a Ayrton Senna no carro

Confiança – Mesmo com um desempenho muito abaixo do esperado nas três sessões de testes da pré-temporada, o alemão Sebastian Vettel acredita na experiência da Red Bull para aprimorar o carro durante o campeonato. “Não estamos em boa situação para esta corrida, mas a história é muito diferente quando se pensa no campeonato. Somos um time forte. Temos boas pessoas no comando e com muitos recursos. Teremos um longo ano e vamos progredir no decorrer da temporada.”

Vettel também lembrou a temporada de 2012, quando Fernando Alonso, da Ferrari, tinha um carro inferior aos dos concorrentes e mesmo assim brigou pelo título até a última corrida do ano. “Dois anos atrás, Fernando estava no grid com uma diferença de 1s5 para a pole position. E ele estava muito perto de nos superar na última corrida. Isso quer dizer que nada está definido no começo do ano.”

As equipes e pilotos
Equipe Pilotos
Red Bull Sebastian Vettel (Alemanha) Daniel Ricciardo (Austrália)
Ferrari Fernando Alonso (Espanha) Kimi Raikkonen (Finlândia)
McLaren Jenson Button (Grã-Bretanha) Kevin Magnussen (Dinamarca)
Lotus Pastor Maldonado (Venezuela) Romain Grosjean (França)
Mercedes Nico Rosberg (Alemanha) Lewis Hamilton (Grã-Bretanha)
Sauber Esteban Gutiérrez (México) Adrian Sutil (Alemanha)
Force India Nico Hulkenberg (Alemanha) Sérgio Pérez (México)
Williams Felipe Massa (Brasil) Valtteri Bottas (Finlândia)
Toro Rosso Daniil Kvyat (Rússia) Jean-Eric Vergne (França)
Caterham Kamui Kobayashi (Japão) Marcus Ericsson (Suécia)
Marussia Jules Bianchi (França) Max Chilton (Grâ-Bretanha)
O calendário da temporada
Data Local Autódromo
16/03 Austrália Melbourne
30/03 Malásia Sepang
06/04 Bahrein Sakhir
20/04 China Xangai
11/05 Espanha Barcelona
25/05 Mônaco Monte Carlo
08/06 Canadá Montreal
22/06 Áustria Red Bull Ring
06/07 Inglaterra Silverstone
20/07 Alemanha Hockenheim
27/07 Hungria Budapest
24/08 Bélgica Spa-Francorchamps
07/09 Itália Monza
21/09 Cingapura Marina Bay
05/10 Japão Suzuka
12/10 Rússia Sochi
02/11 Estados Unidos Austin
09/11 Brasil Interlagos
23/11 Abu Dhabi Yas Marina

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade