CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Ex-jogadora Hortência pode deixar cargo na CBB

Nomeada diretora de seleções femininas, ela não conseguiu bons resultados

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 16h21 - Publicado em 26 mar 2013, 09h55

Reeleito na primeira semana de março, Carlos Nunes permanecerá no comando da Confederação Brasileira de Basquete (CBB) até 2017. Já a ex-jogadora Hortência, diretora de seleções femininas na primeira gestão, não sabe se continua no cargo. “Estamos esperando para ver as mudanças que vão fazer”, afirmou Hortência sobre a reeleição. De acordo com a assessoria de imprensa da CBB, Carlos Nunes está em viagem e impossibilitado de comentar o futuro da ex-jogadora.

Leia também:

Oscar Schmidt é eleito para Hall da Fama nos EUA

Michael Jordan comemora 50 anos

Lesão em Kobe Bryant vira debate: foi de propósito?

Nomear Hortência como diretora de seleções foi uma das primeiras providências de Nunes após suceder Gerasime Grego Bozikis, em 2009. Desde então, o time principal feminino teve quatro treinadores diferentes – Paulo Bassul, Carlos Colinas, Ênio Vecchi e Luiz Cláudio Tarallo – e decepcionou nas principais competições. Na Olimpíada de Londres, em 2012, o Brasil perdeu para a França, Rússia, Austrália e Canadá – a única vitória foi contra a inexpressiva Grã-Bretanha.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês