CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Entrega da Arena Fonte Nova: adiada para dia 8 de março

Estádio era prometido para esta quinta, mas obra no entorno não foi concluída

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 17h53 - Publicado em 28 fev 2013, 13h43

“Só assino que estou recebendo o estádio quando estiver tudo pronto. O Mineirão, o estádio do Rio Grande do Sul e o estádio de Fortaleza tiveram problemas”, disse Jaques Wagner

Prevista para acontecer nesta quinta-feira, a solenidade de entrega da Arena Fonte Nova, em Salvador, foi adiada para o próximo dia 8 de março. Se esse novo prazo for cumprido, o estádio será o terceiro a ficar pronto para a Copa do Mundo de 2014. O término das obras foi adiado porque ainda há trabalhos não concluídos, segundo confirmou o próprio governador da Bahia, Jaques Wagner. De acordo com ele, o consórcio Arena Fonte Nova, formado pelas construtoras OAS e Odebrecht, solicitou o novo prazo de entrega para terminar, por exemplo, as obras que cuidam do acesso dos torcedores ao estádio. O governador disse ter atendido ao pedido das empresas para evitar a repetição do que houve com o Mineirão e o Castelão, primeiros estádios prontos para o Mundial e que também serão usados na Copa das Confederações de 2013. Todos foram reinaugurados ainda com pendências a serem resolvidas. Ele ainda citou a Arena Grêmio, também inaugurada recentemente, mas que não será um dos palcos do Mundial de 2014.

Leia também:

Maracanã tem risco real de não ficar pronto dentro do prazo Em balanço do ano, Valcke enfim se diz satisfeito com país

Na reta final, surge o temor sobre os ‘puxadinhos’ da Copa

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Como a Copa vai obrigar o país a enfrentar seus problemas

Copa, por enquanto, decepciona dentro e fora dos estádios

“Só assino que estou recebendo o estádio quando estiver tudo pronto. O Mineirão, o estádio do Rio Grande do Sul e o estádio de Fortaleza tiveram problemas. Então só coloco a minha assinatura recebendo o estádio quando eu puder dizer que a bola pode rolar”, afirmou Wagner. O governador ainda disse que está cobrando o consórcio formado pela OAS e pela Odebrecht para poder fixar uma data de inauguração da Arena Fonte Nova, o que poderá ocorrer ainda nesta quinta. “Depende deles uma resposta sobre quando acontecerá o primeiro evento. Estou cobrando das empresas”, disse o governador. Essa não é a primeira vez que a data de entrega das obras da Arena Fonte Nova acaba sendo adiada. Inicialmente, o contrato de Parceria Público Privado (PPP) previa a entrega para 31 de dezembro do ano passado, mas este prazo foi prorrogado após acordo firmado entre o governo e o consórcio. A oito dias do seu novo prazo de entrega, as obras do estádio baiano estão 95% prontas, diz o consórcio.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês