Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Dengue ataca no futebol e desfalca clubes paulistas

O palmeirense Aranha, o corintiano Guerrero e o santista Léo Cittadini estão com a doença

Por Da Redação Atualizado em 29 set 2021, 21h11 - Publicado em 15 abr 2015, 04h00

Além de ser um perigo para a população, a alta incidência de casos de dengue no Estado de São Paulo começa a afetar também o mundo do futebol. Nesta terça-feira, o Palmeiras informou que o goleiro Aranha foi diagnosticado com a doença. O jogador, reserva do titular Fernando Prass, não foi internado, mas está afastado dos treinamentos sem previsão de retorno.

LEIA TAMBÉM:

Casos de dengue aumentam 240% em 2015

Tire suas dúvidas sobre como evitar a dengue

O caso de Aranha, porém, não é o único entre os grandes clubes paulistas. Corinthians e Santos, outros dois semifinalistas do Estadual, também registraram casos de dengue em seus elencos. O time do Parque São Jorge perdeu um de seus principais jogadores, o atacante Guerrero, por causa da doença. Afastado até o final do mês, o peruano será desfalque em jogos importantes como a semifinal do Paulista contra o Palmeiras e o clássico contra o São Paulo pela Libertadores.

No Santos, o jovem meia Léo Cittadini, uma das revelações da base alvinegra, também contraiu a doença e não será relacionado nas próximas partidas do clube. Reserva no elenco, Cittadini foi inscrito nas fases finais do Paulista no lugar do atacante Thiago Ribeiro, negociado com o Atlético-MG, e poderia ganhar a chance de fazer seu primeiro jogo na temporada se não fosse a dengue.

(Da redação)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade