CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Demitido, Luxemburgo ataca direção do Flamengo: ‘Não sabe nada de futebol’

Técnico revelou proposta do São Paulo – recusada pelo clube carioca há três semanas

Por Da Redação Atualizado em 29 set 2021, 20h24 - Publicado em 26 Maio 2015, 14h24

O técnico Vanderlei Luxemburgo convocou uma entrevista nesta terça-feira para comentar sobre sua demissão do Flamengo e fez diversas críticas à diretoria e aos gestores do clube. Ele disse estar surpreso com a decisão e relembrou que o próprio presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo, rejeitou uma oferta do São Paulo para tirá-lo da Gávea recentemente.

Leia também:

Flamengo demite o técnico Vanderlei Luxemburgo

‘Tolerância zero’ dos árbitros faz explodir o número de cartões no Brasileirão

“Há 20 dias, quando tive uma proposta oficial do São Paulo, o presidente do Flamengo disse que eu era fundamental. Como é que mudou três semanas depois? Isso me causa uma surpresa muito grande. O Flamengo fala muito de projeto, de gestão, mas como é que fica a situação do profissional que passa por momentos difíceis? Vai ver era um projeto de 20 dias”, ironizou o treinador de 63 anos.

Luxemburgo revelou que fez algumas reclamações – sobretudo em relação à estrutura do centro de treinamento -, mas disse que tanto ele quanto o diretor executivo Rodrigo Caetano ficavam “de mãos atadas” em suas funções, devido às interferências do grupo gestor do clube.

“O Flamengo trabalha com um grupo de gestores e nós, profissionais contratados, simplesmente não somos ouvidos. Quem resolve é o grupo gestor que não sabe absolutamente nada de futebol. Que experiência eles têm no futebol? Eles saem no New York Times e ganham prêmios porque são grandes administradores, competentes, mas também têm que ganhar campeonatos”.

O treinador afirmou que o Flamengo tem um “time bom e bastante versátil”, mas que precisa de reforços para voltar a brigar por títulos nacionais. “Faltam dois jogadores para chamar a responsabilidade, se não vira um grupo comum.” O auxiliar Deivid e o preparador Antônio Mello também foram demitidos da comissão técnica do clube.

(com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês