CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

De mudança, Neymar deixa a seleção em segundo plano

Preparativos para Copa das Confederações são tratados como obstáculos pelo jogador, que quer jogar mais uma vez em Santos e se apresentar no Barcelona

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 11h44 - Publicado em 27 Maio 2013, 10h42

Caso a seleção libere o camisa 11 para o jogo, ele vai entrar em campo duas vezes em dois dias e passar a noite de domingo para segunda num avião a caminho da Espanha

Prestes a disputar a Copa das Confederações, a seleção brasileira aposta todas as suas fichas em Neymar, mas o craque, de mudança para a Europa, parece ter colocado a competição em segundo plano. Na noite de domingo, poucas horas depois da despedida do ídolo do Santos, no empate sem gols com o Flamengo, no domingo, em Brasília, o empresário do atacante, Wagner Ribeiro, revelou que ele sonha em jogar mais uma vez com a camisa do clube que o revelou. O atacante pede a liberação da seleção para enfrentar o Grêmio no sábado, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. “Só depende da CBF. Se a CBF liberar, possivelmente seu jogo de despedida na Vila será no próximo sábado”, disse Ribeiro em entrevista à TV Gazeta. O problema é que o jogo acontece na véspera de um compromisso importantíssimo para a seleção: a partida amistosa contra a Inglaterra, no Maracanã. Além de querer jogar no sábado, o craque espera viajar para Barcelona logo depois do jogo – sua apresentação na Catalunha aconteceria na segunda ou terça da semana que vem.

Leia também:

O paradoxo de Neymar, um ídolo que divide os brasileiros

Barcelona anuncia um contrato de cinco anos com Neymar

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Neymar, no limite, lamenta ser apontado como mau caráter

Neymar, xingado e vaiado, garante: ‘Eu não estou nem aí’

De acordo com o agente de Neymar, a tentativa de liberar o jogador para a partida de sábado foi discutida desde a madrugada de sexta, antes mesmo que o negócio fosse fechado. “É a vontade do Neymar essa despedida na Vila”, afirmou Wagner Ribeiro. Caso a seleção libere o camisa 11 para o jogo, ele vai entrar em campo duas vezes em dois dias e passar a noite de domingo para segunda num avião. Depois de se apresentar à torcida do Barcelona, passará mais uma noite voando de volta ao Brasil. O atleta vai se apresentar à seleção na terça-feira, no Rio de Janeiro. Ainda nesta segunda, ele assina o contrato com o Barça. Apesar disso, ele poderia jogar pelo Santos mais uma vez desde que a data de início do vínculo de cinco temporadas com o clube catalão seja posterior a sábado.” Ele está registrado, seria tudo normal”, disse o empresário. A falta de entrosamento é a principal preocupação do técnico Luiz Felipe Scolari para a Copa das Confederações. Ele pretende usar esse período justamente para formar uma equipe titular – em que Neymar, é claro, é o grande destaque.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês