Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Davis: Wawrinka bate Tsonga e abre 1 a 0 para a Suíça

Com 27.432 espectadores, primeira partida da final em Lille quebrou o recorde histórico de público em um evento de tênis

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 10h45 - Publicado em 21 nov 2014, 13h42

A Suíça saiu na frente da França no confronto que vale o título da Copa Davis. Com recorde de público em jogos oficiais de tênis, o suíço Stanislas Wawrinka derrotou o francês Jo-Wilfried Tsonga por 3 a 1, parciais de 6/1, 3/6, 6/3 e 6/2, nesta sexta-feira, em Lille, e abriu 1 a 0 na final do torneio. Ainda nesta sexta-feira, acontece o segundo jogo, entre Roger Federer e Gael Monfils.

Leia também:

Roger Federer está confirmado na decisão da Copa Davis

Copa Davis: Federer volta a treinar a dois dias da decisão

Federer posa ao lado de Wawrinka para mostrar time unido

A final da Davis entre Suíça e França já entrou para a história. A quadra coberta montada no Estádio Pierre Mauroy – campo do time de futebol Lille – registrou nesta sexta-feira um público de 27.432 pessoas, novo recorde no tênis mundial. A marca anterior também era de uma final da Davis: em 2004, 27.200 torcedores acompanharam o duelo entre Espanha e Estados Unidos em Sevilha.

Diante de um público tão grande, incluindo muitos torcedores suíços que viajaram até a França para apoiar a sua equipe, Wawrinka confirmou o favoritismo diante de Tsonga. Vivendo a melhor temporada da sua carreira, o número 4 do mundo precisou de 2h24 para derrotar o 12º colocado do ranking. A Suíça nunca ganhou o título da Davis – esteve uma única vez na final, em 1992, quando perdeu para os Estados Unidos. A França busca seu 10º troféu na história do torneio.

Final da Copa Davis, em Lille, na França, registrou o recorde histórico de público em uma partida de tênis
Final da Copa Davis, em Lille, na França, registrou o recorde histórico de público em uma partida de tênis VEJA

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade