CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

David Beckham quer criar clube de futebol em Miami

Menos de um mês depois de anunciar sua aposentadoria dos gramados, David Beckham revelou, em entrevista à BBC, o desejo de abrir um clube em Miami para a disputa da Major League Soccer. “Os torcedores de todos os esportes de Miami são muito apaixonados pelo clubes da cidade e pela vitória. Abrir uma equipe de […]

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 11h16 - Publicado em 2 jun 2013, 18h09

Menos de um mês depois de anunciar sua aposentadoria dos gramados, David Beckham revelou, em entrevista à BBC, o desejo de abrir um clube em Miami para a disputa da Major League Soccer. “Os torcedores de todos os esportes de Miami são muito apaixonados pelo clubes da cidade e pela vitória. Abrir uma equipe de futebol na cidade é sem dúvida algo bastante excitante.”

Leia também:

No adeus de Beckham, lágrimas e vitória do PSG

Beckham, o craque da imagem, anuncia a aposentadoria

Evoque Victoria Beckham chega ao país por 385.000 reais

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Beckham chegou inclusive a visitar dois estádios na cidade nos últimos dias: o Sun Life, que abriga cerca de 75.000 torcedores e é palco das partidas do Miami Dolphins na NFL, e o campo da Universidade Internacional da Flórida, com capacidade para 20.000 torcedores. Ele também se encontrou nesse sábado com políticos e empresários locais para discutir o projeto. Jose Sotolongo, diretor-executivo da comissão de esportes do município de Miami, foi uma das pessoas que se reuniu com o ex-jogador e prometeu apoio. “Nossa cidade pode não apenas ser palco dos amistosos internacionais que temos recebido mas também ter um time próprio. Miami tem uma base de fãs de futebol. A existência de um clube seria ótimo para a comunidade, e esperamos receber boas notícias.”

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Beckham defendeu o Los Angeles Galaxy por quase cinco anos, até 2012, conquistando duas vezes a Major League Soccer. No começo do ano, ele se transferiu para o Paris Saint-Germain, onde ficou menos de seis meses e anunciou a decisão de abandonar os gramados, aos 38 anos.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês