CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Cruzeiro vence o River por 1 a 0 em Buenos Aires

Resultado deixa a equipe mineira em situação confortável na disputa por uma vaga na semifinal da Libertadores. Gol da vitória foi marcado pelo meia Marquinhos, no 2º tempo

Por Da Redação Atualizado em 29 set 2021, 20h29 - Publicado em 22 Maio 2015, 00h16

O Cruzeiro foi até Buenos Aires e derrotou o River Plate por 1 a 0 no lotado estádio Monumental de Nuñez, na noite desta quinta-feira. O meia Marquinhos marcou o gol da vitória no segundo tempo, depois de uma boa jogada de ataque do time mineiro. O ótimo resultado no primeiro jogo das quartas de final da Libertadores deixa o Cruzeiro em situação confortável na disputa. Na próxima quarta, na partida de volta, a equipe só precisa de um empate no Mineirão para avançar à semifinal.

LEIA TAMBÉM:

Inter perde para o Santa Fé com gol nos acréscimos

O jogo – O torcedor do River, que esperava o time pressionando o adversário desde o início, viu a equipe com dificuldades e o Cruzeiro criando oportunidades no começo do jogo. Com apenas quatro minutos, a equipe mineira já tinha concluído em gol duas vezes. Com o tempo, o time argentino equilibrou as ações – mas com o Cruzeiro sempre atento na marcação.

Taticamente ninguém ousou muito, o que produziu uma partida com poucos erros. Uma das raras falhas da defesa mineira aconteceu aos 16, quando Teo Gutiérrez ficou frente a frente com o goleiro Fábio, que fez boa defesa. Aos 27, o River até chegou a mandar a bola para as redes com Teo Gutiérrez, mas a jogada já estava parada por impedimento. O habilidoso meia Martínez, do River, deixou seus companheiros em boa situação para finalizar duas vezes – nas duas exigindo boas defesas de Fábio.

No retorno das equipes para o segundo tempo os argentinos adotaram uma estratégia bem mais agressiva, marcando a saída de bola do Cruzeiro, na tentativa de forçar o erro. Acuada, a equipe mineira redobrou os cuidados defensivos para suportar a blitz.

As coisas só começaram a melhorar para o Cruzeiro após os 15 minutos, quando o River diminuiu o ritmo intenso. Apagado no jogo, o uruguaio De Arrascaeta pouco produziu e foi substituído por Gabriel Xavier, que se movimentou mais em campo. Aos 18, o armador fez boa jogada e deixou para Willian em condições de marcar. O atacante cruzeirense tocou na saída de Barovero, mas Vangioni salvou quase em cima da linha. Os argentinos tentaram dar a resposta rápida com Sánchez, mas Fábio defendeu chute colocado.

No momento em que parecia que o jogo não teria gols, brilhou a estrela do meia-atacante Marquinhos, que completou chute de Gabriel Xavier e calou os mais de 50 mil torcedores no Monumental, colocando o Cruzeiro em enorme vantagem nas quartas.

(Com Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês