CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Cruzeiro salva a noite brasileira na Libertadores

Time mineiro fez o dever de casa e venceu o Real Garcilaso por 3 a 0 para se classificar. Já o Botafogo levou 3 a 0 do San Lorenzo fora e disse adeus

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 20h39 - Publicado em 10 abr 2014, 00h46

Depois da eliminação do Flamengo em pleno Maracanã, a noite desta quarta-feira foi de emoções bastante distintas para os outros dois brasileiros que entraram em campo pela Copa Libertadores. O Botafogo, que precisava conquistar um ponto diante do San Lorenzo para se classificar, foi derrotado por 3 a 0 em Buenos Aires e deu adeus de forma melancólica à competição.

Já o Cruzeiro não quis saber de ficar fazendo conta ou torcer contra o Universidad do Chile no jogo contra o Defensor, no Uruguai, e se classificou para as oitavas de final com propriedade ao vencer o Real Garcilaso, também por 3 a 0, no Mineirão. O atual campeão brasileiro tinha duas opções para avançar no torneio continental. A primeira era obter uma vitória simples e “secar” o Universidad, que não poderia levar a melhor em Montevidéu – o que realmente não aconteceu, já que houve empate em 1 a 1. A outra era fazer três gols de frente e comemorar, o que de fato ocorreu.

Leia também:

Adriano marca, mas Atlético-PR é eliminado da Libertadores

O placar favorável foi construído ainda no primeiro tempo, com gols de Ricardo Goulart, Bruno Rodrigo e Júlio Baptista, que levaram time mineiro à segunda posição do grupo 5, com dez pontos e um saldo melhor que o do Universidad. O líder foi o Defensor, com 11 pontos, enquanto os peruanos somaram apenas três, da vitória sobre o Cruzeiro na estreia, ficaram com a lanterna.

Buenos Aires – No estádio Nuevo Gasômetro, em Buenos Aires, o Botafogo foi eliminado depois de estar próximo da classificação há dua rodadas. Depois de perder em casa para os chilenos do Unión Española, semana passada, a equipe alvinegra voltou a ser derrotada e caiu para a última colocação do Grupo 2, com apenas sete pontos ganhos. O San Lorenzo se classificou em segundo lugar, com oito pontos – o Unión Española ficou em primeiro, com um ponto a mais.

O Botafogo entrou com um esquema muito defensivo e foi inteiramente dominado pela equipe argentina. A incapacidade ofensiva do time brasileiro foi refletida pela falta de trabalho do goleiro Torrico que quase não precisou fazer qualquer defesa. Enquanto isso, os argentinos marcaram com Villalba e Piatti, duas vezes.

No outro jogo da chave, o Independiente del Valle derrotou o Union Española por 5 a 4, em partida repleta de alternativas e emoção. Com este resultado, o San Lorenzo garantiu uma vaga nas oitavas de final, mas torcida argentina teve que esperar o apito final do confronto no Chile para iniciar a festa no Nuevo Gasometro. Precisando de um gol para garantir a classificação quando vencia por 2 a 0, o San Lorenzo só marcou o tento decisivo, que lhe deu saldo melhor que o Independiente del Valle, aos 43 minutos do segundo tempo. O herói foi Piatti, lançado entre os zagueiros, e que bateu na saída de Jéfferson para garantir a vaga da equipe argentina.

(Com Gazeta Press e agência EFE)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês