Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Cruzeiro convoca torcida para confirmar título no domingo

Após virar sobre Grêmio, time só precisa bater Goiás em MG para ser campeão

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 10h46 - Publicado em 21 nov 2014, 09h57

O Cruzeiro colocou uma mão na taça do Brasileirão 2014 ao virar o duro jogo contra o Grêmio, 2 a 1, em Porto Alegre, na noite de quinta-feira, na partida que fechou a 35ª rodada do campeonato. Depois do excelente resultado, os jogadores da equipe se reuniram no centro do gramado da Arena do Grêmio para festejar o triunfo e a proximidade do título, que pode ser confirmado matematicamente com mais uma vitória no domingo, contra o Goiás, no Mineirão. Com sua 22ª vitória na competição, o Cruzeiro ficou a apenas três pontos do segundo título consecutivo com duas rodadas de antecipação. E a equipe pode fazer a festa mesmo sem vencer o Goiás: o Cruzeiro pode garantir até perdendo ou empatando, desde que o vice-líder São Paulo não derrote o Santos, em clássico na Arena Pantanal, também no domingo. Com um cenário tão favorável, os atletas, confiantes, convocaram a torcida para a festa.

Leia também:

São Paulo joga a toalha e dá como certo título do Cruzeiro

Reta final: Corinthians sobe, Atlético voa, Botafogo afunda

“Foi uma vitória abençoada, com muito esforço e muita luta. Conseguimos um grande resultado, e agora a torcida vai lotar o Mineirão. Com muito empenho, vamos conseguir mais uma vitória e concretizar esse título”, disse o goleiro e capitão Fábio. O atacante Willian entrou na equipe ainda no primeiro tempo, por causa de uma lesão sofrida por Marquinhos, e ajudou a equipe a depender apenas das próprias forças para levantar a taça em casa. O jogador conta com o apoio de seu torcedor para premiar o trabalho de mais uma grande temporada com uma festa no Mineirão. “Dependemos só da gente. Com o nosso torcedor lotando o estádio e apoiando a nossa equipe, vamos fazer uma grande partida e conseguir esse título. Falta pouco. Está todo mundo de parabéns, pelo empenho, pela luta. Respeitamos a equipe do Goiás, mas é uma final. Vamos coroar este trabalho”, prometeu.

Alerta – O técnico Marcelo Oliveira também vibrou com a virada no Sul, mas também deu um puxão de orelha no elenco. Ele reclamou da postura da equipe no primeiro tempo – assim como no jogo anterior, contra o Santos, o time precisou levar uma bronca no intervalo para reagir na segunda etapa e vencer. “Nos últimos dois jogos, mudamos a partida no intervalo. Isso não é bom”, avaliou o treinador. Passado o susto da etapa inicial, quando o Grêmio teve chances de ampliar o placar, o técnico comemorou a reação “eficiente” do Cruzeiro. “No segundo tempo, enfim começamos a jogar mais, fazendo o que o Cruzeiro sabe, que é atuar mais à frente. O jogo foi fantástico pelo resultado, porque nós ficamos em uma grande condição no Campeonato Brasileiro.”

(Com agência Gazeta Press e Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade